Ciência e Saúde

Japão amplia medidas preventivas contra o vírus da gripe aviária

O governo ampliou as medidas por temor do vírus que se alastrou nos países vizinhos também se propague no Japão.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Perante o temor de uma possível propagação da gripe aviária no país, o governo japonês anunciou que ampliará as medidas preventivas contra a variedade altamente tóxica do vírus H5N8 que está se propagando entre a criação de frangos e aves migratórias na Coreia do Sul. Já na China, somente na última semana, foram registrados pelo menos 24 novos casos de pessoas infectadas com a cepa H7N9 da gripe aviária, informou a imprensa japonesa.

O secretário-chefe de gabinete do Japão, Yoshihide Suga, disse na sexta-feira (31) que o país está tomando todas as medidas possíveis para evitar a propagação do vírus no país.

Segundo ele, o Ministério da Agricultura vai manter os produtores atualizados com informações sobre a difusão da gripe aviária nos países vizinhos.

Suga disse ainda que o ministério está exortando os criadores a seguir rigorosamente os regulamentos de controle de higiene, bem como verificar cuidadosamente suas aves, de forma a poderem rapidamente detectar e informar ao governo possíveis casos do vírus.

Em maio do ano passado, o governo já havia implantado medidas preventivas contra do vírus H7N9, que passou a ser considerado uma “doença infecciosa” perante a legislação, o que implicou a obrigatoriedade de observar sua evolução nos países vizinhos a fim de evitar que o vírus entrasse no país.

As medidas permitem funcionários dos aeroportos a obrigar os viajantes a passarem por uma inspeção médica de maneira imediata. Além disso, com as novas normas, as autoridades locais passaram a ter o direito de forçar os pacientes a serem hospitalizados no caso de rejeitarem o tratamento.

De acordo com as leis japonesas, o governo pode adotar medidas de emergência de maneira excepcional ao considerar a ameaça de uma doença infecciosa na saúde da população.

Perante o surto do H7N9 na China, os aeroportos japoneses já fornecem um questionário aos passageiros procedentes do país vizinho para determinar se algum deles apresenta os sintomas da gripe aviária. Tais medidas têm conseguido evitar um surto do vírus H7N9 no país.

Fontes: Emissora NHK e Agência Kyodo.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •