Ciência e Saúde

Estudo alerta sobre forte alta de crianças com miopia no Japão

Foto: Shutterstock Free

Muitas crianças no Japão estão sofrendo de “alta miopia”, um tipo severo de problema de visão, enquanto crianças com miopia comum passa de 90%.

Pesquisadores no Japão descobriram que cerca de 10% das crianças que frequentam o ginasial (ensino fundamental 2 no Brasil) sofrem de um tipo severo de problema de visão para enxergar de longe, conhecido como “alta miopia”, enquanto a porcentagem entre aqueles com miopia comum passa de 90%, informou nesta segunda-feira (4) a o canal de notícia NHK News.

O estudo foi realiza por uma equipe da Universidade de Keio, no distrito de Minato, em Tóquio. O levantamento abrangeu 1.416 crianças que frequentam o primário (ensino fundamental 1) e o ginásio (fundamental 2) em Tóquio.

A pesquisa revelou que 76,5% dos alunos do primário e 94,9% dos alunos do ginásio possuem miopia.

Entre aqueles do grupo de alunos do ginásio, pelo menos 9,9% apresentaram alta miopia, sendo incapazes de ver objetos posicionados a partir de 17 centímetros de distância com clareza.

Alta Miopia

A alta miopia é uma doença caracterizada pela miopia acima de 6 dioptrias (graus). Não se sabe exatamente sua causa, mas provavelmente estes pacientes têm uma alteração no colágeno (tipo de fibra que forma o olho), causando o aumento do comprimento do olho e consequentemente a miopia. Esta alteração tem componente genético e pode sofrer alterações de acordo com os hábitos do paciente, segundo uma matéria da Clínica Belfort.

Acredita-se ainda que a alta miopia também esteja relacionada com um alto risco de descolamento da retina.

Ainda de acordo com a NHK News, os pesquisadores afirmam que o número de casos de miopia está aumentando de forma alarmante à medida em que crianças participam cada vez menos de atividades ao ar livre, mas se dedicando mais aos smartphones, no qual a vista é forçada ininterruptamente enquanto olha para a tela do aparelho.

O professor Kazuo Tsubota, que liderou a equipe de pesquisadores da Universidade de Keio, declarou que este é um problema alarmante e que deve ser enfrentado nacionalmente.

Casos de miopia no mundo

Especialistas estimam que 4,8 bilhões de pessoas possam desenvolver a miopia até 2050, e que 940 milhões de pessoas possam ter alta miopia.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) manifestou preocupação com as projeções para o futuro.

MN – Mundo-Nipo.com
Fontes: NHK News | Clínica Belforte.