Ciência e Saúde

Chuva ácida pode ter causado a extinção dos dinossauros, dizem cientistas japoneses

A conclusão veio após pesquisadores usar laser de alta definição para simular as condições da Terra após um impacto de asteroide.

Do Mundo-Nipo

A hipótese de que o impacto de um asteroide na península mexicana de Iucatã tenha sido a causa do desaparecimento dos dinossauros há 65 milhões de anos voltou a ser contestada com o lançamento de um novo estudo. Segundo a emissora pública NHK, uma equipe de cientistas teoriza agora que a chuva ácida resultante do impacto foi a causa direta da extinção da espécie.

Vários cientistas já tinham posto em dúvida anteriormente a teoria do impacto como causa da extinção dos dinossauros e de 65% de todas as espécies no limite entre os períodos Cretáceo e Terciário, já que a teoria é incapaz de definir exatamente o que aconteceu com a Terra após a colisão do asteroide.

 

Impacto de asteroides na Terra  (Imagem: Reprodução/Discovery)

A teoria sobre a extinção em massa dos dinossauros e de espécies ter sido resultante do impacto de um asteroide surgiu em 1978 (Imagem: Reprodução/Discovery)

 

Baseando-se na lacuna deixada pela teoria, um grupo de pesquisadores do Instituto de Tecnologia de Chiba usou um laser de alta definição para simular as condições da Terra imediatamente após o impacto de um asteroide.

O estudo descobriu que o impacto liberou uma quantidade maciça de dióxido de enxofre na atmosfera terrestre, desencadeando intensas precipitações ácidas, ou seja, chuva ácida.

O grupo então concluiu que a chuva ácida continuou a cair sobre vastas áreas em todo o planeta ao longo de alguns dias após o impacto do suposto asteroide.

 

Extinção dos dinossauros (Imagem: Reprodução/Discovery)

Os pesquisadores dizem que a compreensão sobre a extinção dos dinossauros e de outras espécies é indispensável para a compreensão do ecossistema da Terra (Imagem: Reprodução/Discovery)

 

Sosuke Ohno, pesquisador sênior do Instituto de Tecnologia de Chiba, explicou que a compreensão do mecanismo da chuva ácida causada pelo impacto de um asteroide, bem como a extinção dos dinossauros e outras espécies, é indispensável para a compreensão do ecossistema da Terra.

A teoria sobre a extinção em massa dos dinossauros e de espécies entre os períodos Cretáceo e Terciário ter sido resultante do impacto de um asteroide surgiu em 1978, em Chicxulub, no norte de Iucatã, onde foi descoberta uma cratera de 180 quilômetros de diâmetro em que foram achadas amostras de vidro nos sedimentos debaixo do limite do Cretáceo-Terciário (K/T, no jargão geológico).

(Do Mundo-Nipo com informações da Rede NHK e Discovery)

 

Assista ao vídeo da Discovery simulando impactos de asteroides com a Terra:

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

%d blogueiros gostam disto: