Japão soma 1,5 mil infectados por coronavírus

Apesar de 1,528 mil infectados pelo novo coronavírus, incluindo 700 casos no navio em quarentena, Japão registra 31 mortes.
Pessoas com máscara protetora em Tóquio Foto Kyodo
©Kyodo

O número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus (Covid-19) relatadas no Japão superou 1,5 mil no domingo (15), enquanto o governo se esforça para conter a propagação do vírus por meio de várias medidas, incluindo fechamento de escolas e restrições de viagens nacionais e ao exterior.

A contagem foi de 1.528, incluindo cerca de 700 casos registrados no navio Diamond Princess, que foi colocado em quarentena perto de Tóquio, segundo a Kyodo News.

De acordo com o Ministério da Saúde, 30 novos casos foram relatados no domingo, enquanto um total de 31 pessoas infectadas morreram desde que o primeiro caso de coronavírus foi registrado no país.

Ainda assim, o Japão tem o nono maior número de infecções no mundo, atrás de China, Itália, Irã, Coréia do Sul, Espanha, França, Alemanha e Estados Unidos, de acordo com uma contagem do Kyodo News baseada em informações de dados divulgados por cada governo.

Entre os casos relatados recentemente estão dois homens que chegaram ao aeroporto de Haneda, em Tóquio, vindos da Itália, enquanto um jovem em Hokkaido também deu positivo para o vírus, segundo o Ministério da Saúde.

Embora o números de infectados tenha passado de 1,5 mil, o registro de casos diários de reduzido gradativamente, segundo a emissora estatal NHK.

Em uma tentativa de conter o surto e minimizar seu potencial impacto na economia, o primeiro-ministro Shinzo Abe solicitou que todas as escolas no Japão fossem fechadas até o fim da primavera, no início de abril, e que grandes eventos esportivos e culturais fossem cancelados, adiados ou reduzidos.

Mundo-Nipo (MN)
Fonte: Kyodo News | NHK News.

Total
15
Shares
Previous Article
Satoshi Uematsu Foto Mainichi

Homem que matou 19 pessoas deficientes é condenado à morte no Japão

Next Article
Pessoas no santuário em Tóquio Foto Kyodo

Japão oferece orientação multilíngue por telefone a estrangeiros sobre o coronavírus

Related Posts