Ciência e Saúde

Japão quer iniciar vacinação em massa a partir de maio

©Stockvault

O plano do governo japonês é vacinar toda a população adulta do país até meados de julho, antes do início das Olimpíadas de Tóquio.

A vacinação em massa contra o Covid-19 no Japão começará somente em maio, após a imunização de profissionais da saúde, idosos, pessoas doentes e com comorbidades, noticiou o Yomiuri Shimbun nesta quarta-feira (20).

De acordo com o jornal japonês, o governo espera que toda a população adulta do país tenha recebido uma vacina até julho, uma vez que é esperado o sinal verde da agência reguladora para a vacina da Pfizer/BioNTech para o próximo mês.

De acordo com o roteiro do Ministério da Saúde, Trabalho e Bem-Estar, a primeira prioridade para vacinações será aplicada em cerca de 10.000  profissionais de saúde que atuam na linha de frente contra o coronavírus. Em seguida, a vacina se estenderá a idosos com 65 anos ou mais e pessoas com comorbidades.

O governo espera terminar de vacinar esses dois grupos (idosos e doentes), que somam aproximadamente de 50 milhões de pessoas, até o final de abril.

Dependendo da disponibilidade das doses, a vacinação para o restante da população, com idade a partir dos 16 anos, pode começar em maio, com o objetivo de terminar em meados de julho, disseram fontes do governo ao Yomiuri.

Por enquanto, o governo decidiu excluir menores de 16 anos do programa de vacinação por enquanto. Os Estados Unidos e as nações europeias tomaram medidas semelhantes.

“A vacinação não pode ser administrada a grupos etários para os quais não foram realizados ensaios clínicos”, disse um funcionário do governo.

O Ministério da Saúde considera acrescentar menores de 16 anos assim que alguma das vacinas comprovar segurança para administração do imunizante em crianças, conforme noticiou o Yomiuri.

== Mundo-Nipo (MN)