Ciência e Saúde

Moedas do Império Romano são descobertas em ruínas no sul do Japão

Foto: Divulgação/Montagem Mundo-Nipo

As moedas podem datar dos séculos III ou IV depois de Cristo e foram encontradas nas ruínas de um castelo em Okinawa.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

As ruínas de um castelo na Ilha de Okinawa, no sul do Japão, foi palco de uma importante descoberta histórica. Segundo informou hoje (26) a agência de notícias ‘Efe’, quatro moedas de cobre do Império Romano foram encontradas nas ruínas do Castelo de Katsuren, que existiu entre os séculos XII e XV, e que desde 2000 é considerado Patrimônio da Humanidade por sua vinculação ao Reino de Ryukyu.

As moedas, que medem entre 1,6 e 2 centímetros de diâmetro, poderiam datar dos séculos III ou IV depois de Cristo, informou o Conselho de Educação da cidade de Uruma, no oeste de Okinawa.

Por conta do desgaste ao longo dos séculos, o desenho cunhado nas moedas não é visível ao olho humano, mas análises feitas com raios X mostram uma imagem que poderia ser a do imperador Constantino e de um soldado atingido por uma lança, destaca a Efe citando o informe do conselho.

Além destas moedas da Roma Antiga, foi encontrada outra do século XVII originária do Império Otomano.

“Este valioso material histórico sugere um vínculo entre Okinawa e o mundo ocidental”, explicou a direção do Conselho de Educação de Uruma, que irá expor as moedas no Museu de História da cidade até 25 de novembro, conforme noticiou a ‘Efe’.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •