Economia

Japoneses terão que desembolsar mais de 41% da renda para pagar impostos em 2014

O percentual estimado é o mais alto de todos os tempos.

Do Mundo-Nipo

Os residentes no Japão terão de desembolsar mais de 41% de sua renda para o pagamento de impostos e contribuições previdenciárias durante o ano fiscal de 2014, que começa em abril. O percentual estimado é o mais alto de todos os tempos.

O Ministério das Finanças informou que os impostos e contribuições previdenciárias em relação a renda de pessoas físicas deverá ser um ponto percentual maior do que a proporção registrada no ano fiscal de 2013, e atingir o índice recorde de 41,6%, detalhou a emissora pública NHK.

Contribuirão para a alta, em grande parte, a elevação da alíquota do imposto sobre consumo, programada para abril, e o aumento das contribuições ao plano de aposentadoria de funcionários de empresas, de acordo com o ministério.

O índice vem subindo nos últimos anos à medida que a proporção crescente de idosos na população japonesa faz aumentar os custos da previdência social, embora seja insuficiente a elevação da receita correspondente, destacou a NHK.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.