Economia

Japão deve decidir sobre nova alta de imposto antes do fim do ano, diz ministro

Akira Amari afirmou que o aumento em outubro de 2015 “vai depender das condições econômicas do país”.

Do Mundo-Nipo

O ministro japonês Akira Amari, encarregado da pasta de Revitalização Econômica disse que o governo vai precisar de um novo plano para a reestruturação das finanças do país caso o imposto sobre o consumo não seja elevado como planejado, informou a emissora pública ‘NHK’.

 

Akira Amari (Imagem: Reprodução/Newsline/NHK)

Akira Amari afirmou que o aumento em outubro de 2015 “vai depender das condições econômicas do país” (Imagem: Reprodução/Newsline/NHK)

 

Amari foi entrevistado nesta quarta-feira no ‘Newsline’ da NHK, um programa de notícias voltado para espectadores no exterior. Segundo ele, o governo planeja fazer uma nova elevação do imposto, dos atuais 8% para 10%, em outubro do próximo ano, “mas isso vai depender das condições econômicas”.

Para ele, o melhor cenário para o aumento seria aquele que inclui uma recuperação estável da economia e a nova elevação de imposto de acordo com o planejado. “No entanto, os esforços não teriam nenhum resultado caso a economia perder fôlego depois da elevação de imposto”, explicou o ministro.

Amari assegurou que o premiê Shinzo Abe vai fazer uma avaliação cuidadosa antes do fim do ano em relação à elevação de imposto, acrescentando que o governo deverá anunciar um novo plano fiscal para manter o nível de confiança dos investidores em relação aos títulos japoneses. Isso, no entanto, acontecerá caso o imposto sobre o consumo não seja elevado.

No final da entrevista, Amari declarou que o governo terá que deixar claro quando o imposto será elevado.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.