Economia

Preço da gasolina no Japão recua ao menor nível em 6 meses

Na semana, o preço médio nacional da gasolina comum caiu mais de 18% em relação ao registrado um ano antes.

Do Mundo-Nipo

preço médio da gasolina comum no mercado japonês recuou ao seu menor nível em mais de seis meses, caindo esta semana para 136,7 ienes o litro, de 138,2 ienes registrados na semana anterior, o que representa a sétima queda semanal consecutiva e um recuo de mais de 18% na comparação anual, informou nesta quarta-feira (26) a Agência Japonesa de Recursos Naturais e Energia (ANRE), uma filial do Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão.

O relatório semanal da ANRE aponta que o preço médio atual é o mais baixo desde 16 de fevereiro de 2014, quando a gasolina comum custava em média 135,4 ienes. Em sete semanas, a queda acumulada soma 8,50 ienes.

Além disso, o preço médio recuou em todas as 47 províncias japonesas.  As maiores quedas na semana foram registradas em Hokkaido (3,00 ienes), Ehime, (2,70 ienes) e Okayawa (2,50 ienes).

A pesquisa semanal da ANRE também inclui o preço médio de praticamente todos os combustíveis utilizados no Japão, na qual aponta que todos os combustíveis de uso pessoal têm recuado quase que na mesma proporção que a gasolina comum.

Na semana, o óleo diesel caiu para 115,80 ienes o litro, redução de 1,5 iene em relação à semana anterior. Já o preço médio da gasolina especial recuou para 147,6 ienes o litro, mesmo nível de declínio registrado no óleo diesel, ou seja, de 1,50 iene ante a semana passada.

Na comparação anual, o preço médio nacional da gasolina comum caiu 18,8% em relação ao registrado um ano antes, quando o litro custava 168,4 ienes em média. Trata-se do 37º declínio semanal consecutivo em termos anualizados.

No geral, o preço atual da gasolina comum continua bem abaixo da média nacional de 159 ienes registrado pouco antes do aumento do imposto sobre o consumo em abril do ano passado, quando o preço médio subiu acentuadamente, para 164,1 ienes na primeira semana após o aumento.

Depois do aumento do imposto, o preço médio atingiu o pico de 169,9 ienes no dia 14 de julho de 2014, o mais alto em mais de seis anos, desde o dia 29 de setembro de 2008, quando o preço médio chegou a 170,2 ienes. Este valor, porém, é bem abaixo do recorde de 185,1 ienes alcançados em 4 de agosto de 2008.

Fonte: Agência Kyodo | MNI News.

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.