Economia

Importações japonesas de petróleo caem 11,1% em julho

Trata-se do quinto declínio mensal consecutivo.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo

As importações de petróleo do Japão caíram 11,1% em julho na comparação com o mesmo mês do ano anterior, para 96,05 milhões de barris, marcando o quinto declínio mensal consecutivo, informou nesta sexta-feira (29) a Agência de Recursos Naturais e Energia do pais.

O petróleo proveniente do Oriente Médio correspondeu a 85,0% das importações totais, o que representa um aumento de 1,2 pontos percentuais em relação ao ano anterior, segundo o relatório preliminar da agência, que é um órgão do Ministério da Economia, Comércio e Indústria do Japão.

A Arábia Saudita permaneceu o maior fornecedor de petróleo do Japão, com 32,52 milhões de barris, um aumento de 1,1%. Os Emirados Árabes Unidos ficou em segundo, 25,47 milhões de barris, uma queda de 5,5%, seguido pelo Qatar, com 10,82 milhões de barris, uma queda de 38,1%.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •