Recuperação automotiva impulsiona a indústria do Japão

Crescimento da produção industrial japonesa ultrapassou a projeção de mercado que apontava alta de 3,5%.
Fábrica da Toyota em Fukuoka | ©Toshiki Sasazu
©Toshiki Sasazu

Em um sinal encorajador para a economia, a produção industrial do Japão registrou um crescimento expressivo em março, superando as expectativas dos analistas. O impulso veio principalmente por meio da retomada das atividades das montadoras, que se recuperam após recentes escândalos relacionados à segurança, informou o jornal financeiro Nikkei nesta terça-feira (30).

Segundo dados divulgados, na terça-feira (30), pelo Ministério da Economia, Comércio e Indústria (METI), houve um aumento de 3,8% na produção industrial no mês de março, comparado ao mês anterior, ultrapassando a projeção de mercado que apontava para um crescimento de 3,5%.

Gabriel Ng, economista da Capital Economics, destaca que, com as projeções otimistas para os meses de abril e maio, a robusta recuperação observada em março sinaliza uma possível retomada econômica vigorosa no segundo trimestre, após uma provável contração do PIB nos primeiros três meses do ano.

A produção no setor automobilístico foi um dos grandes destaques, com um aumento de 9,6% em março. Esse avanço foi liderado pela fabricação de carros de passeio e caminhões.

A Toyota Motor, gigante do setor automotivo, retomou a produção de determinados modelos no início de março, após resolver problemas de certificação em motores diesel produzidos pela subsidiária Toyota Industries.

A Daihatsu, pertencente ao grupo Toyota e anteriormente marcada por testes de segurança fraudulentos, iniciou em fevereiro o processo de retomada gradual de sua produção de veículos.

Um representante do METI afirmou que o ministério continuará acompanhando a situação econômica global e o progresso na retomada das operações das fábricas automotivas.

Além disso, houve um crescimento significativo de 11,6% na fabricação de maquinário de produção, incluindo equipamentos para a indústria de semicondutores. O setor de componentes e dispositivos eletrônicos também apresentou um aumento de 9,2%, conforme reportado pelo METI.

Os fabricantes consultados pelo ministério estão otimistas, prevendo um aumento sazonalmente ajustado de 4,1% na produção para abril e uma expansão de 4,4% para maio.

Contudo, o funcionário do METI alertou que uma paralisação prolongada na produção da fábrica da Toyota, devido a verificações de qualidade nos veículos Prius, poderia afetar negativamente a produção de abril.

Em outra frente, as vendas no varejo japonês tiveram um crescimento anual de 1,2% em março. Apesar de ficar abaixo das expectativas de mercado, que previam um aumento de 2,2%, este resultado marca o vigésimo quinto mês consecutivo de expansão.

No entanto, em relação ao mês anterior, houve uma retração de 1,2% nas vendas, após um aumento de 1,7% em fevereiro.

== Mundo-Nipo (MN)

Total
0
Shares
Previous Article
BBRBet jogos esportivos e de cassino | Reprodução / Edição MN

Conquistas do Bbrbet

Next Article
Fumio Kishida e Lula em Brasília | ©Kyodo Images

Lula e premiê do Japão se reúnem no Palácio do Planalto

Related Posts