Esportes

Entenda os motivos de Bruno Guimarães ir para o Newcastle

Bruno Guimaraes Newcastle Foto Newcastle 022022 900x550 1
Bruno Guimarães / ©Newcastle

O jovem jogador brasileiro trocou a estabilidade do Olympique de Lyon por um time que está lutando para não ser rebaixado na liga inglesa.

Ainda é difícil entender como o Newcastle United executou uma jogada para conseguir contratar o talentoso Bruno Guimarães. O brasileiro, que ainda está longe de atingir o auge de sua carreira, uma vez que tem apenas 24 anos, deixou o Olympique de Lyon em janeiro por 33 milhões de libras como parte da aquisição do time da Premier League por um consórcio da Arábia Saudita, em uma jogada que desordenou os mercados de apostas online

Bruno é uma das perspectivas mais quentes do futebol europeu e, embora alguns acreditem que sua mudança seja motivada por dinheiro, sentimos que ele ainda é um jogador de futebol ambicioso, que certamente tem suas razões para fazer a mudança para a Inglaterra.

Continue lendo enquanto tentamos estabelecer por que Bruno Guimarães se juntaria ao Newcastle ameaçado de rebaixamento de Eddie Howe neste momento de sua carreira.

Um novo desafio 

Na defesa do Lyon, pelo menos para esta temporada, eles poderiam oferecer a Brunos algo que o Newcastle não pode – o futebol europeu. Independentemente disso, o jogador brasileiro se encarregou de deixar o time francês no meio da temporada, apesar de ser uma figura influente na conquista do Grupo A da Liga Europa, invicto. Além disso, enquanto a Ligue 1 é um campeonato respeitável, a Premier League é certamente uma atualização e um todo desconhecido para Guimarães. Uma liga digna de sua classe, com certeza. 

A fisicalidade e a natureza competitiva do brasileiro se adequa ao ambiente de grandiosidade da primeira divisão da Inglaterra e, a julgar pelas previsões da Betfair Instagram, ele poderia ser a diferença entre os Magpies permanecerem para cima ou para baixo. Contudo, ele precisará se adaptar rapidamente, pois haverá pouco tempo para se instalar em meio a uma luta entre equipe grandes para fugir do rebaixamento. 

Sendo o homem principal

Quando recusou o Arsenal e o Tottenham Hotspur, e colocou a caneta no papel em um acordo com o Newcastle, Bruno ganhou automaticamente muito mais responsabilidade como o homem estrela no time da Premier League. Enquanto jogar por um clube mais estabelecido traria uma chance maior de ganhar notoriedade, ele seria apenas mais um bom jogador em um time forte, enquanto sob Howe ele é a joia da coroa de um projeto que está apenas começando – talvez a primeira assinatura de ponta para uma era de provável domínio futuro.

O alto valor da contratação vem com muita responsabilidade, mas a julgar por suas atuações no Lyon já nesta temporada, é um desafio que Bruno vai adorar.

Ambiente do estádio 

Segundo a mídia local, o que Bruno realmente gostou durante suas primeiras semanas na Premier League foi o ambiente no St. James’ Park – a casa do Newcastle. Sim, os resultados em campo teriam ajudado, com vitórias consecutivas no espaço de cinco dias em casa, o suficiente para enviar a multidão apaixonada aos arrebates, mas mesmo quando o clube estava em seus momentos mais sombrios, relegado ao campeonato e jogando futebol bem abaixo de seu padrão, o estádio de 50.000 lugares estava normalmente cheio até a borda para apoiar o time.

Os torcedores da casa vão adorar o brasileiro como um deus se ele jogar bem, e o clube foi vendido a ele por seus colegas internacionais na Seleção.

“Thiago Silva, Gabriel Jesus e Alex Telles me disseram como é difícil jogar no Newcastle, dado o quanto os torcedores são apaixonados”, disse Bruno, após sua primeira entrevista com o clube. “Suas palavras significaram que eu realmente não precisava pensar duas vezes em vir para cá [Newcastle]”.