Esportes

Tênis: Naomi Osaka vence Austrálian Open e pula para 1ª do mundo

Naomi Osaka no Aberto da Austrália | Foto: Yonex

Com apenas 21 anos, a tenista japonesa se tornou a primeira asiática a liderar o ranking mundial na história do tênis.

A tenista japonesa Naomi Osaka se tornou a primeira asiática a assumir o topo do ranking mundial da Women’s Tennis Association, ou seja, a WTA. Neste sábado (26), Osaka conquistou o Aberto da Austrália, primeiro Grand Slam do ano, ao derrotar a tcheca Petra Kvitova, por 2 sets a 1, com parciais de 7/6 (7/2) e 5/7 e 6/4, em 2h27min de jogo.

Este é o segundo título de Grand Slam de Osaka que, em 2018, tornou-se a primeira japonesa a ganhar um torneio Grand Slam de simples, ao derrotar a americana Serena Williams na final do US Open.

Já a tenista Kvitova, que conquistou por duas vezes o prestigiado Torneio de Wimbledon, em 2011 e 2014, tentava a terceira conquista entre os quatro principais torneios do circuito internacional.

Primeiro set equilibrado
O primeiro set foi bastante disputado, com as duas tenistas demonstrando muito equilíbrio nos momentos de tensão. Com isso, o duelo foi para o tie break. Logo no início, Osaka conseguiu abrir 2 a 0 e desestabilizou a adversária, que passou a cometer erros seguidos. A japonesa aproveitou e fechou o tie break com 7 a 2 e venceu o primeiro set por 7/6.

Kvitova vira o jogo no segundo set
No segundo set, Kvitova quebrou o saque de Osaka logo no segundo game, mas a japonesa devolveu a quebra logo em seguida para somar quatro games seguidos.

Com 5 a 3 no placar, Osaka teve três set points no saque de Kvitova, que demonstrou uma frieza impressionante para conquistar cinco pontos seguidos e conseguir o quarto game no set.

A recuperação da adversária mexeu com Osaka, que teve o saque quebrado no game seguinte e viu Kvitova empatar em 5 a 5. A checa continuou muito forte mentalmente, enquanto Osaka chegou a chorar. Resultado: nova quebra de saque da japonesa e set para a europeia: 7/5.

Osaka recupera a calma no terceiro set
Após um período de oscilação, Osaka, de apenas 21 anos, recuperou a calma e jogou muito bem o terceiro game do terceiro set para quebrar o saque de Kvitova, fazer 2 a 1 e abrir vantagem no jogo.

A japonesa confirmou seu saque duas vezes e ainda teve a chance de quebrar mais uma vez o serviço de Kvitova para fazer 5 a 2, mas a checa conseguiu evitar três break points para seguir viva no jogo e diminuir para 5 a 4.

Osaka teve nova chance de definir mais uma vez o jogo com seu saque e desta vez ela não deixou fugir a oportunidade: 6/4.

Em números, a partida terminou com nove aces da campeã japonesa e cinco da tcheca; quatro duplas faltas para cada lado; 116 pontos marcados para Osaka e 112 para Kvitova. Tudo isso em mais de 2 horas de jogo na quadra principal do Aberto da Austrália, disputado em Melbourne.

Assista ao ponto da vitória no vídeo abaixo (Twitter@AustralianOpen):

Origem
Naomi Osaka é filha de um pai haitiano com uma mãe japonesa. Ela nasceu em 16 de outubro de 1997 no distrito de Chuo, na cidade de Osaka, capital da província de mesmo nome, no centro-oeste do Japão.

Mundo-Nipo
Fontes:  Estadão Conteúdo | Esporte iG.

%d blogueiros gostam disto: