Meio ambiente e Energia Sociedade

Trabalhadores da usina em Fukushima querem compensações por risco à radiação

O tratamento que a Tepco dispensa aos funcionários na usina será levado a justiça pela primeira vez.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo com Agências

Funcionários de uma subcontratante da Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco, na sigla em inglês), que trabalham na danificada usina nuclear Fukushima Daiichi, tencionam processar a companhia, exigindo pagamento de compensações devido ao alto risco que enfrentam com as exposições diárias à radiação, informou nesta segunda-feira (1) a rede de TV ‘NHK’.

 

Trabalhadores de Fukushima Daiichi (Foto: AFLO)

O tratamento que a Tepco dispensa aos funcionários na usina será levado a justiça pela primeira vez (Foto: Aflo Images)

 

De acordo com a NHK, quatro funcionários afirmaram que entrarão com o processo contra a Tepco na próxima quarta-feira, na filial de Iwaki da Corte Distrital de Fukushima. Eles são encarregados do trabalho nas tubulações dos tanques que armazenam a água radioativa na usina.

Segundo eles, os salários são muito baixos, considerando o risco que enfrentam de exposição à radiação, e exigem que a Tepco pague a cada um o equivalente a US$ 96 mil como forma de “compensação pelo risco”. Disseram ainda que os salários não mudaram mesmo depois de a Tepco ter anunciado, em novembro passado, um aumento dos fundos salariais pagos a subcontratantes, em cerca de US$ 96 diários.

Um dos reclamantes, na faixa etária de 30 anos, disse que está preocupado com seu estado de saúde, uma vez que seus níveis mensais de exposição à radiação excedem algumas vezes o nível de 4 milisieverts. Ele disse que vinha se mostrando relutante em manifestar suas inquietações por temor de perder o emprego. Mas agora, com o processo judicial, ele acredita que a iniciativa incentivará mais trabalhadores a manifestarem suas reivindicações, conforme relatou a ‘NHK’.

Em meio às dificuldades que a Tepco enfrenta para manter um quadro de 3 a 6 mil pessoas trabalhando diariamente na descontaminação da usina, o tratamento que a companha dispensa aos seus funcionários na danificada usina será levado a justiça pela primeira vez.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •