Meio ambiente e Energia

Começou hoje a audaciosa construção do colossal muro de gelo em Fukushima

Embora tenha parecido um tanto surreal no início, o muro deve virar realidade após sua conclusão em 2015.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

A Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco), operadora da danificada usina Fukushima Daiichi, informou que começou nesta segunda-feira (2) a construção de uma enorme parede de gelo subterrânea em torno de quatro prédios dos reatores, uma medida que supostamente poderá resolver o acúmulo de água contaminada no complexo.

 

Embora seu projeto tenha parecido um tanto surreal no início, o muro deve virar realidade após sua conclusão em 2015 (Foto: Kyodo)

Embora seu projeto tenha parecido um tanto surreal no início, o muro deve virar realidade após sua conclusão em 2015 (Foto: Kyodo)

 

De acordo com o audacioso projeto, que é financiado pelo governo, 1.550 tubos serão profundamente inseridos no subsolo no entorno das instalações, o que resultará em uma gigantesca parede de gelo que terá 1,5 km de canalizações preenchidas com líquido refrigerado.

A ideia da companhia é isolar os quatro reatores danificados pelo terremoto de 2011 com a colossal parede de gelo, impedindo também que a água subterrânea, considerada limpa, flua para as dependências e se misture com a água altamente contaminada acumulada nas dependências das instalações que abrigam os reatores, que servem para resfriar os mesmos.

Após a conclusão das instalações dos tubos, será preciso esperar alguns meses para que o processo de congelamento do solo fique totalmente concluído. A Tepco pretende contar com a parede de gelo até o final de março de 2015.

(Com informações da Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •