Meio ambiente e Energia

Um dos dois únicos reatores nucleares em operação no Japão é paralisado

A Kepco, operadora da usina de Oi, anunciou ter desligado, na madrugada desta terça-feira, um dos dois últimos reatores em funcionamento no Japão.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Usina Nuclear de Oi (Foto: WIkimedia Commons)

A paralisação destina-se a facilitar que a usina de Oi se prepare para as inspeções obrigatórias (Foto: WIkimedia Commons)

A Companhia de Energia Elétrica de Kansai (Kepco, na sigla em inglês), operadora da única usina nuclear em operação no Japão, anunciou ter desligado, na madrugada desta terça-feira (3), um dos dois últimos reatores em funcionamento no país, informou a imprensa japonesa.

À 1h de terça-feira, o reator 3 foi desligado na usina nuclear de Oi, enquanto o reator 4, por sua vez, está previsto para ser desligado no dia 15 de setembro, fazendo com que o Japão fique sem nenhum reator nuclear em operação pela primeira vez em 14 meses.

A paralisação destina-se a facilitar que a operadora se prepare para as inspeções obrigatórias depois de 13 meses de inspeção contínua.

A Kepco recebeu o apoio da Agência Reguladora Nuclear do Japão (NRA, na sigla em inglês). O órgão declarou que existe uma falha tectônica “ativa” sob a usina nuclear de Oi. Mas, segundo a Agência, a falha, no entanto, não se moveu recentemente e nem deve se mover futuramente.

As companhias de energia elétrica estão proibidas de operarem instalações nucleares construídas sobre falhas tectônicas ativas.

A unidade 3 foi reiniciada em 1º de julho de 2012. Foi a primeira reativação real desde o acidente em Fukushima, em março de 2011, enquanto a unidade 4 foi reativada em parte no dia 19 de julho de 2012. Depois de parado o reator 4, o Japão ficará de novo totalmente privado de energia nuclear.

Todas as usinas tiveram suas atividades progressivamente suspensas por precaução após o acidente nuclear na usina Fukushima Daiichi, provocado pelo terremoto seguido de tsunami no dia 11 de março de 2011.

 

Veja mais notícias sobre Meio ambiente e Energia, clique em mundo-nipo.com/variedades/curiosidadesSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •