Meio ambiente e Energia

Construção de barreira congelada em Fukushima Daiichi deve iniciar em outubro

O governo prometeu investir 32 bilhões de ienes, cerca 320 milhões de dólares, no projeto do muro subterrâneo.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O governo japonês deve iniciar em outubro os testes para construção de um barreira artificial congelada na usina nuclear Fukushima Daiichi, como forma de bloquear a água subterrânea radioativa que já vazou para o mar.

 

Cerca de 300 toneladas de água altamente radioativa vazaram do tanque de armazenamento e teme-se parte tenha chegado ao oceano. (Foto: Kyodo)

Cerca de 300 toneladas de água altamente radioativa vazaram do tanque de armazenamento e teme-se parte tenha chegado ao oceano. (Foto: Kyodo)

 

O governo prometeu investir 32 bilhões de ienes,  cerca 320 milhões de dólares, no projeto do muro subterrâneo.

De acordo com informações da NHK, o teste de viabilidade começará em meados de outubro, com a injeção de canos de aço a 30 metros de profundidade no solo perto do prédio do reator 4 da usina.

Cloreto de cálcio líquido a -40 ºC serão bombeados através dos canos para congelar o solo.  O teste irá analisar se o muro impede o fluxo da águas subterrânea.

O Ministério da Indústria do Japão espera terminar o teste até o final de março do próximo ano e começar a operar a parede até março de 2015.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •