Meio ambiente e Energia

Sistema de tratamento de água radioativa para devido falha em Fukushima

O Sistema Avançado de Processamento de Líquidos (ALPS) foi automaticamente interrompido na manhã desta sexta-feira.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

A Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco) retomou nesta sexta-feira (04) as operações em seu novo sistema de tratamento de água radioativa na usina Fukushima Daiichi, localizada no nordeste do Japão, após uma falha parar o funcionamento do mesmo.

 

Tanques de armazenamento de Fukushima Daiichi. Um dos tanques apresentou um vazamento de 300 toneladas de água radioativa. (Foto: Tepco)

O Sistema Avançado de Processamento de Líquidos (ALPS) foi automaticamente interrompido na manhã desta sexta-feira. (Foto: Tepco)

 

O Sistema Avançado de Processamento de Líquidos (ALPS) havia sido automaticamente interrompido na manhã desta sexta-feira depois de um alarme soar para indicar anormalidades.

Os trabalhadores disseram que o sistema parou devido a dois sinais contraditórios enviadas ao mesmo tempo para um tanque que armazena temporariamente a água contaminada.

Um sinal era de recusa de receber água externa para adicionar agentes químicos. Mas quando os funcionários agitaram os agentes dentro da água, o nível de líquido baixou e outro sinal que permite receber água foi enviado.

A Tepco informou que este defeito pode acontecer durante as operações teste e que deve ser melhorado.

A operação foi retomada à noite (hora local), mas a empresa planeja parar o sistema por 3 dias no sábado (05) para manutenção.

Os testes no ALPES foram retomadas na sexta-feira passada, depois de um mês e meio de suspensão.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •