Meio ambiente e Energia

Cooperativas de pesca consentem despejar água da usina de Fukushima no mar

A liberação para o mar da água subterrânea da danificada usina em Fukushima terá início em maio.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O governo do Japão e a Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco, na sigla em inglês), deverão começar a despejar a água subterrânea da danificada usina Fukushima Daiichi no mar a partir do mês de maio, informou a imprensa japonesa.

 

Usina Fukushima Daiichi (Foto: Kyodo)

A armazenagem da água contaminada multiplica-se cada vez mais em centenas de gigantescos contêineres, dos quais já foram registrados diversos vazamentos (Foto: Kyodo)

 

Na sexta-feira (5), cooperativas de pesca da província de Fukushima concordaram oficialmente com um plano de bombear água subterrânea antes que ela seja contaminada com substâncias radioativas na usina, e liberá-la para o mar através de canais subterrâneos.

O plano é considerado de suma importância para lidar com o aumento do volume de água contaminada. Sua armazenagem multiplica-se cada vez mais em centenas de gigantescos contêineres, dos quais já foram registrados diversos vazamentos e cidades vizinhas se recusam a abrigá-los, o que dificulta ainda mais os esforços para desmantelar a referida usina.

O governo e a Tepco se comprometeram assegurar de que os níveis de radiação da água subterrânea a ser lançada atendem aos padrões de segurança estabelecidos pela Agência Reguladora Nuclear do Japão (ARN, na sigla em inglês) em conjunto com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA).

(Do Mundo-Nipo com informações da NHK News e da Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •