Ciência e Saúde Meio ambiente e Energia

Cientistas alertam Japão para possíveis terremotos similares ao de 2011

Houve uma mudança no padrão de movimento das placas tectônicas no litoral nordeste do país, na área onde aconteceu o terremoto em 2011…

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo com agências

Cientistas aconselharam que a população japonesa fique alerta perante possíveis terremotos de grandes proporções, similares ao ocorrido em março de 2011 e que gerou um enorme tsunami, responsável por devastar grande parte do nordeste japonês. Segundo eles, houve uma mudança no padrão de movimento das placas tectônicas do Japão, completamente diferente do que tinham antes do terremoto de 2011, informou a emissora pública “NHK”.

Pesquisadores da Autoridade de Informação Geoespacial (GSI), dependente do Ministério de Transporte e Infraestrutura do país, detalharam que as placas tectônicas do arquipélago japonês, bem como em seus arredores, estão em contínuo movimento, conforme noticiou a NHK nesta quarta-feira (11).

Hisashi Suito, chefe da divisão de pesquisa da deformação da crosta terrestre da GSI, declarou à emissora japonesa que embora se suponha que as probabilidades de um novo terremoto deveriam diminuir, não acredita que seja assim.

Os especialistas consideram que duas placas situadas no litoral nordeste do país, na área onde aconteceu o terremoto de março de 2011, deslizaram mais de 20 metros.

Após examinar a atividade sob o mar, observaram que uma das placas se movimentou 95 centímetros para o leste, perto da península de Oshika, na província de Miyagi, que se afundou 120 centímetros no terremoto e subiu 39 desde então.

Os cientistas dizem que uma das razões deste movimento, que está afetando uma ampla área desde o sul de Hokkaido (norte) até o centro do país, é liberar estresse geológico.

O pesquisador alertou então para a necessidade de estar alerta perante um terremoto similar ao de 2011, que gerou o posterior tsunami que castigou a costa de Tohoku e deixou cerca de 18.000 mortos e desaparecidos.

(Com informações da NHK News e agência EFE)


saiba mais


Tsunami de até 23 metros pode atingir o oeste do Japão, diz estudo


Japão tem 5 cidades entre as 10 mais ameaçadas do mundo por desastres naturais


Japão revisa para cima riscos de um grande terremoto em Tóquio


Terremoto na Falha de Nankai pode deixar 94% dos moradores de Osaka sem água


Empresas em Tóquio se preparam para possível terremoto


Probabilidade de grande terremoto atingir o Japão em 30 anos é revista para cima


*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •