Meio ambiente e Energia

Detectados níveis recordes de radiação em água no subsolo da usina de Fukushima

Os altos níveis foram detectados em amostras de água coletadas em um poço recém-escavado próximo ao reator 2.

Do Mundo-Nipo com Agência Kyodo

Altos níveis de césio radioativo foram detectados em amostras de água coletadas em um poço recém-escavado na danificada usina em Fukushima. Segundo a Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco, na sigla em inglês), operadora da usina, os níveis são os mais altos já encontrados na água subterrânea do local, informou nesta quinta-feira (13) a imprensa japonesa.

Segundo a emissora NHK, a Tepco informou, na quarta-feira (12), ter detectado 54 mil becquerels por litro de césio-137 e 22 mil becquerels por litro de césio-134 nas amostras de água colhidas no poço.

As amostras em questão foram coletadas de um novo poço de observação, localizado a 50 metros de distância do oceano, em uma área subterrânea nas proximidades do reator 2. A Tepco acredita que existe um vazamento de água radioativa a partir de um outro túnel subterrâneo, que se estende desde os prédios do reator em direção ao mar, de acordo com a Agência Kyodo.

O nível de césio-137 é 600 vezes superior ao estipulado pelo governo para águas residuais que podem ser lançadas no oceano. Embora tenha adotado medidas para evitar que a água contaminada chegue até o mar, a Tepco ainda precisa determinar a origem do vazamento.

(Do Mundo-Nipo com Rede NHK e Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.