Meio ambiente e Energia

Japão considera não estabelecer metas de redução de consumo de energia no verão

O governo disse que há um suprimento estável de energia para suprir a demanda durante a estação.

Do Mundo-Nipo

O governo do Japão estuda a possibilidade de não estabelecer metas específicas para redução do consumo de eletricidade durante o verão japonês, em meados do ano, por considerar garantido um suprimento estável de energia, no que poderá ser o terceiro verão consecutivo sem metas específicas de racionamento de energia.

O estabelecimento de metas em vista de poupar o consumo de eletricidade teve início no verão de 2011, quando em março do mesmo ano um forte terremoto de 9,2 graus de magnitude gerou um gigantesco tsunami. O desastre natural  devastou parte do nordeste japonês e atingiu o complexo nuclear Fukushima Daiichi, provocando a maior crise nuclear desde Chernobil, o que resultou na desativação de todos os reatores nucleares existentes no país.

De qualquer modo, o governo pretende solicitar aos consumidores que economizem eletricidade, um movimento que é realizado através de uma campanha nacional veiculada tanto no verão como no inverno. A campanha na estação mais quente do ano acontece, em grande parte, em razão do uso excessivo de condicionadores de ar, enquanto que no inverno há um pico de consumo de eletricidade por conta do uso massivo de aquecedores.

(Com informações da NHK News e da Agência Kyodo)

*Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.