Meio ambiente e Energia

Fukushima retoma pesca de salmão pela 1ª vez desde o acidente nuclear

Testes mostraram que os salmões no rio Kido, em Nahara, estão “livres de substâncias radioativas”.

A pesca de salmão em um rio que atravessa a cidade de Nahara, na província de Fukushima, foi liberada após ficar suspensa desde o acidente nuclear na usina Fukushima Daiichi, em março de 2011.

A retomada da pesca no rio Kido recebeu sinal verde depois da constatação de que amostras de salmão examinadas estavam livres de substâncias radioativas – os testes foram feitos em salmões que retornaram ao rio a partir de 2014. A liberação ocorre também em linha com a suspensão da ordem de evacuação para a localidade de Naraha, em 5 de setembro.

Autoridades do governo de Nahara e associados de uma cooperativa de pesca local se reuniram em uma cerimônia realizada no domingo (18). Eles também celebraram a conclusão de uma unidade de processamento de salmão, que foi destruída pelo tsunami em março de 2011. Após a cerimônia, pescadores locais realizaram a primeira pesca no rio depois de passar quatro anos e meio suspensa.

O prefeito local, Yukiei Matsumoto, disse que estava extremamente satisfeito com os resultados dos testes nos salmões. “A pesca [de salmão] é um recurso fundamental para o turismo em Naraha”, destacou Matsumoto em uma coletiva de imprensa.

O chefe da cooperativa, Hideo Matsumoto, informou que será reiniciada ainda este ano a comercialização de salmão industrializado, mas em caráter experimental. Matsumoto disse ainda que a cooperativa tem planos de liberar filhotes de salmão no rio Kido já na próxima primavera, o que ajudará a normalizar a quantidade de salmões “sadios” na região. Fonte: NHK News Japan.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.