Meio ambiente e Energia

Vitória do PLD dá esperanças para reinício de reatores nucleares no Japão

As novas normas de segurança nuclear entraram em vigor no dia 08 de julho.

Do Mundo-Nipo

Protesto contra energia nuclear em Fukushima (Foto: Aflo Images)

Protesto contra energia nuclear em Fukushima (Foto: Aflo Images)

A grande vitória da coalizão governista do Japão na eleição para o Senado, realizada neste domingo, poderá dar esperanças as operadoras de energia nuclear do país, que visam reiniciar seus reatores.

Muitos dos partidos japoneses da oposição pediram a eliminação gradual da energia nuclear no país, enquanto o Partido Liberal Democrata, do primeiro-ministro Shinzo Abe, se mostrou a favor do reinício dos reatores, desde que os mesmos atendam a padrões de segurança.

De 50 reatores nucleares do Japão, apenas dois da Companhia de Energia Nuclear de Kansai estão em operação atualmente.

As novas normas de segurança nuclear entraram em vigor no dia 08 de julho. A Autoridade Regulamentadora Nuclear do Japão está atualmente avaliando as aplicações por parte de 4 operadoras de energia, para reinício de 12 reatores.

Contudo, ainda que as operadoras consigam aprovação da autoridade nuclear, será uma tarefa difícil obter aprovação dos governos municipais que abrigam as usinas.

Como parte de sua promessa de campanha, o PLD prometeu “fazer o possível para obter o entendimento de governos locais” para retomada das operações.

 

Veja mais notícias sobre Meio Ambiente em mundo-nipo.com/meio-ambiente-e-energiaSiga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.