Meio ambiente e Energia

Japão estende prazo para descontaminação de áreas radioativas

O governo terá que estender o seu trabalho de descontaminação, após a crise nuclear na usina Fukushima Daiichi, para até três anos.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

O processo, que continuará até o final do próximo ano, irá marcar uma nova fase no desmantelamento dos reatores 1 e 4 (Foto: Tepco)

 (Foto: Tepco)

O governo terá que estender o seu trabalho de descontaminação, após a crise nuclear na usina Fukushima Daiichi, para até três anos.

O Ministério do Meio Ambiente do Japão em breve irá lançar um novo cronograma para o trabalho de descontaminação radioativa, que estava programada para ser concluída até o dia 31 de março de 2014, final do ano fiscal de 2013.

O governo vai tentar concluir o trabalho antes da reorganização de áreas ao redor da usina em 2017, atualmente dividida em três zonas com base em níveis de radiação.

Funcionários tiveram problemas para conseguir aprovação de comunidades locais para armazenamento temporário do solo contaminado.

Eles dizem que vão priorizar o trabalho em áreas residenciais para que as pessoas possam voltar para casa o mais rápido possível.

Funcionários do Ministério do Meio Ambiente ainda está tentando negociar um cronograma com os locais.

As informações são da agência Kyodo.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •