Meio ambiente e Energia

Japão não define metas ou números em seu plano energético, diz Yomiuri

O plano que serve como orientação de médio a longo prazo para o novo programa básico de energia do Japão foi decidido na última terça-feira.

Do Mundo-Nipo

Incia processo de remoção de combustível nuclear em Fukushima (Foto: Kyodo)

Usina nuclear Fukushima Daiichi (Foto: Kyodo)

A versão final do projeto do governo japonês sobre a política energética do país não menciona metas ou números específicos sobre o uso de energia nuclear, apesar de destacar a mesma como “importante fonte básica de energia”, segundo o Yomiuri Shimbun.

O plano que serve como orientação de médio a longo prazo para o novo programa básico de energia do Japão foi decidido na última terça-feira.

Além da energia elétrica, o plano cita fontes de energia que incluem carvão, energia hidrelétrica e produção de energia geotérmica.

O parceiro de coalizão governista, o Novo Komeito, no entanto, insiste que a geração de energia nuclear deve ser imediatamente interrompida.

Mas o projeto do governo mantém uma política de usar a energia nuclear, seguindo projeto do painel de especialistas.

Depois de obter a aprovação dos partidos no poder , o projeto do governo deverá ser aprovado pelo Conselho de Ministros , em março.

Dos 48 reatores nucleares do país , três estão em funcionamento há mais de 40 anos, o limite de tempo de operação definida pela Agência Reguladora Nacional . Treze reatores estão em funcionamento há mais de 30 anos. Assim, alguns na indústria de energia insistem que a construção de novas usinas nucleares ou reatores adicionais em instalações existentes é necessário para garantir um fornecimento de energia estável.

 

Do Mundo-Nipo com Yomiuri Shimbun.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.