Notícias

Princesa Aiko, filha do imperador do Japão, completa 19 anos

©Agência da Casa Imperial

Princesa Aiko seria a 1ª na linha sucessória se não fosse uma lei de 1947, na qual diz que apenas homens podem ascender ao trono japonês.

  • 1.1K
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1.1K
    Shares

A princesa Aiko, filha única do imperador Naruhito e da imperatriz Masako, completou 19 anos de idade na terça-feira (1) , um importante acontecimento que não será celebrado conforme manda a tradição da Casa Imperial, uma vez que o Japão está sofrendo com o forte ressurgimento de novos casos de Covid-19.

A princesa, matriculada na Universidade Gakushuin em Tóquio, participa de palestras virtuais desde o início do ano letivo em abril. Em outubro, ela visitou a escola e encontrou seus professores e colegas pela primeira vez depois do isolamento social, de acordo com a Agência da Casa Imperial.

“Aprecio a alegria de adquirir conhecimento e gostaria de participar de muitas coisas na universidade”, disse ela a repórteres na época.

A princesa estuda literatura japonesa e também faz cursos de línguas em inglês e espanhol, além de esportes e ciências da saúde.

Na escola, onde seu pai também estudava, ela participou de um tour pelo campus e participou de uma sessão de briefing sobre cursos futuros. Enquanto estava no colégio, a princesa expressou interesse pela literatura clássica japonesa.

Ela escreveu seu relatório de formatura sobre cães e gatos descritos em “The Tale of Genji” e outros romances clássicos. Sua peça era duas vezes maior que o padrão estabelecido pela escola.

A princesa cuida de seu cachorro “Yuri” junto com os gatos “Mii” e “Seven”. Ela também está ansiosa para visitar o Jardim Zoológico de Ueno, em Tóquio, onde um elefante, enviado a ela pela Tailândia para comemorar seu nascimento, teve um bebê em outubro.

Devido à pandemia, ela evitou fazer viagens, em vez disso, saiu para passear com os pais na propriedade Akasaka, que faz parte do Palácio de Tóquio, onde moram.

Em novembro, a princesa AIko viu pela TV seu tio, o príncipe herdeiro Fumihito, ser declarado o primeiro na linha de sucessão ao trono nas cerimônias “Rikkoshi no rei”. De acordo com um assessor próximo, ela teve a chance de aprender mais sobre a história e as tradições da família imperial.

Por meio de interações diárias com seus avós, o ex-imperador Akihito e a ex-imperatriz Michiko, a princesa tem aprendido o que se espera dela quando atingir a maioridade no próximo ano, de acordo com o assessor da Agência.

Redução da Família Imperial

A família imperial do Japão tem diminuído desde a promulgação da Lei da Casa Imperial de 1947, que estipula que apenas homens na linhagem paterna podem ascender ao Trono do Crisântemo, deixando atualmente apenas três herdeiros. As mulheres também devem abandonar seu status real ao se casar com um plebeu.

Depois de completar 20 anos, a princesa deve cumprir funções oficiais como membro adulto da Família Imperial do Japão.

O governo está considerando maneiras de permitir aos membros femininos da família imperial que exerçam funções públicas, mesmo após o casamento, dando-lhes títulos honoríficos, já que elas perdem o status de princesa após contrair matrimônio com alguém que não tem “sangue real”.

Mundo-Nipo (MN)
Fonte: Kyodo News.

 Saiba mais sobre a Família Imperial do Japão.

  • 1.1K
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    1.1K
    Shares