Notícias Tecnologia

China pressiona Japão após veto de empresas chinesas de telecomunicações

Chanceler chinês Lu Kang | ©SBS

Chanceler chinês afirmou que é incorreto obstruir uma gestão corporativa com base em especulações.

O Governo chinês expressou fortes preocupações com a gigante de telecomunicações Huawei, bem como outras companhias chinesas do setor, que vem sendo acusadas de espionagem pelos Estados Unidos e outros países, inclusive o Japão, que recentemente vetou os equipamentos atuais e futuros dispositivos de quinta geração (5G) das companhias chinesas Huawei e ZTE no país.

Lu Kang, porta-voz da chancelaria da China, disse à imprensa que Pequim “jamais recebeu reclamações de país algum sobre qualquer problema envolvendo segurança com a Huawei”.

O porta-voz afirmou ainda que “é incorreto obstruir uma gestão corporativa normal com base em especulações”, referindo-se à decisão tomada pelo governo japonês de revisar seus procedimentos de aquisição de equipamento de telecomunicações, uma medida que, efetivamente, excluiria os gigantes chineses do setor.

Saiba mais
» Japão planeja excluir Huawei e ZTE

Até agora, o governo japonês levava apenas os preços em consideração ao comprar equipamento de telecomunicações. Porém, a partir de abril de 2019, quando começa o próximo ano fiscal, o governo japonês levará em conta riscos de segurança, como a possibilidade de tais produtos estarem programados com funções maliciosas no processo de desenvolvimento e produção.

Lu Kang deu a entender que Pequim irá monitorar cuidadosamente a reação do Japão e exortou o país a não excluir companhias chinesas por razões de segurança.

Mundo-Nipo
Fonte: NHK News.

%d blogueiros gostam disto: