Ciência e Saúde Notícias

Aeroporto no Japão oferece cama de papelão aos viajantes que aguardam teste

Foto: Reprodução / Montagem MN

Pessoas esperam pelos resultados dos testes de coronavírus enquanto dormem em camas de papelão improvisadas no aeroporto de Narita.

  • 48
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    48
    Shares

O Aeroporto Internacional Narita, no Japão, transformou uma parte de sua área de desembarque em setor de espera para os viajantes que chegam do exterior e que não conseguem encontrar vagas em hotéis próximos disponibilizados pelo governo. No local improvisado, o aeroporto oferece “camas de papelão” aos passageiros que aguardam os resultados dos testes de coronavírus, que pode durar horas ou dias.

A instalação desagradável na área de retirada de bagagem do aeroporto é composta por trabalhadores vestidos com equipamentos de proteção. Eles oferecem lanches e água aos viajantes, informou a CNN norte-americana

Internautas das redes sociais locais criticaram a ação, dizendo que a “caixa” poderia realmente promover a propagação da “doença mortal”.

“Eles não fazem muitos testes no Japão, enquanto muitos que retornam do exterior estão infectados”, twittou Misachasu, que também descreveu a experiência de seu amigo vietnamita que passou uma noite em um cubículo de papelão.

“Consideramos esse espaço um alto risco de infecção”, escreveu ele no Twitter.

No Instagram, o usuário Kazuki postou algumas fotos da área de espera. Na portagem ele desaprovou o sistema improvisado do aeroporto, avaliando ainda que as pessoas que não estão infectadas têm grandes chances de contrair o vírus dentro do próprio aeroporto.

“Querem infectar aqueles que não estão infectados?”, perguntou Kazuki.

https://www.instagram.com/p/B-v5teODmlG/

Embora os voos estejam reduzidos, visto que Narita fechou uma de suas pistas, os aviões ainda estão chegando com passageiros vindos de países com altos índices de infectados por Covid-19, como EUA e Itália, que devem passar por testes antes de poderem retornar às suas casas no Japão.

Os viajantes podem receber resultados em até seis horas, mas os atrasos significam que muitos têm que esperar até um ou dois dias, disse uma autoridade do Ministério da Saúde ao Channel News Asia, sob condição de anonimato.

As caixas de papelão, desenvolvidas para uso em centros de evacuação durante desastres, contêm um futon (espécie de colchão), travesseiro e edredon.

“Existem instalações próximas ao aeroporto para as pessoas ficarem”, disse o funcionário do aeroporto, acrescentando que “muitas das camas ainda não foram usadas, mas se foram, foi apenas por pouco tempo”, o que já é o bastante para infectar o próximo usuário.

O Japão, que na semana passada declarou estado de emergência nas principais áreas populacionais, principalmente em Tóquio e Osaka, registrou pelo menos 7.400 casos do Covid-19, com 137 mortes, segundo a emissora pública NHK.

Mundo-Nipo (MN)
Fonte principal: New York Post.

Veja as notícias do Mundo-Nipo sobre o novo coronavírus.

  • 48
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    48
    Shares