Política

Japão e Austrália concordam em acelerar negociações de livre comércio

O governo japonês espera lidar com um provável acordo ainda este mês.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Um parlamentar do partido governista japonês e o ministro do Comércio e do Investimento da Austrália concordaram, nesta segunda-feira (17), acelerar as negociações bilaterais de livre comércio. Os dois países procuram chegar a um acordo no início de abril, mês em que o primeiro-ministro da Austrália chegará à Tóquio para uma reunião de cúpula.

O parlamentar Koya Nishikawa, que esteve em Canberra a mando do partido governista, Partido Liberal-Democrata (PLD), disse a jornalistas após reunião com o ministro australiano, Andrew Robb, que o governo japonês espera lidar com um provável acordo ainda este mês ou no início de abril, antes da reunião de cúpula planejada entre o primeiro-ministro australiano, Tony Abbott, e o primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, em Abril.

Nishikawa, que é diretor do comitê do PLD para negociações do Tratado de Livre-Comércio, conhecido como Parceria Transpacífico (TPP), também se reuniu com a Abbott nesta segunda-feira. O parlamentar disse que houve um consenso sobre a necessidade de um rápido acordo nas negociações comerciais Japão -Austrália .

Entretanto, Nishikawa admitiu que os dois países ainda precisam preencher lacunas sobre questões pendentes, como a remoção de tarifas sobre exportação de carne. Mediante a isso, o parlamentar acrescentou que apresentará um relatório sobre as reuniões assim que retornar ao Japão.

As negociações, que tiveram início em 2007, tinham sido paralisadas até que os dois países renovaram seu compromisso de acelerá-las após a mudança do governo australiano em setembro do ano passado.

Fontes próximas às negociações disseram anteriormente que o governo australiano pediu ao Japão para cortar as tarifas sobre a carne, um dos principais itens de exportação da Austrália. Em resposta, o governo japonês teria dito que está considerando reduzir em 5% sua tarifa, atualmente taxada em 38,5%, de acordo as fontes.

(Do Mundo-Nipo com a Agência Kyodo)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •