Economia Política

Japão espera obter direito de explorar terra-rara no Pacífico

O Japão vai enviar um navio para verificar se há reservas de terra-rara em uma área em torno de Minamitorishima.

Do Mundo-Nipo

O Japão espera obter direitos exclusivos para exploração de crostas ricas em cobalto em águas internacionais no Oceano Pacífico, uma forma potencial de reduzir sua dependência da China para metais de terra-rara.

O Japão vai enviar um navio para verificar se há reservas de terra-rara em uma área em torno de Minamitorishima.

Localizada de 1000 metros a 2.400 metros abaixo do nível do mar, as crostas ricas em cobalto contém metais raros tais como manganês, cobalto, níquel e platina, bem como terra-rara.

A Autoridade Internacional dos Fundos Marinhos, da Organização das Nações Unidas, provavelmente vai conceder a aprovação. Por 15 anos, o Japão terá direito a explorar seis localidades, abrangendo um total de 3.000 km ² em uma área de 600 km a sudeste de Minamitorishima.

A última vez que o governo japonês obteve o direito de explorar águas internacionais foi em 1987, em uma área do sudeste do Havaí.

As informações são do jornal econômico Nikkei.

 

Para saber mais sobre Economia, clique em mundo-nipo.com/economia. Siga também o Mundo-Nipo no Twitter e Facebook.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.