Política

Ministério da Defesa do Japão pretende incorporar mais 10 destróieres

As diretrizes atuais exigem 48 destróieres, mas o ministério que incorporar mais 10.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Força Marítima de Auto-Defesa do Japão (Foto: Wikimedia Commons)

Força Marítima de Auto-Defesa do Japão (Foto: Wikimedia Commons)

O Ministério da Defesa do Japão informou nesta quinta-feira (21) que pretende incorporar mais destróieres em meio as crescentes atividades marítimas da China.

Um plano foi elaborado pelo ministério para a organização das Forças de Autodefesa serem incluídas na revisão de diretrizes de defesa, que deve ser aprovada pelo Gabinete japonês no próximo mês.

As diretrizes atuais exigem 48 destróieres, mas o ministério que incorporar mais 10.

O ministério quer implantá-los, principalmente em Hokkaido, no norte, e Kyushu, sudoeste, para melhorar a sua eficiência.

Além disso, o ministério também pretende implantar cerca de 200 veículos de combate recém-desenvolvidos.

O Japão está aumentando seu poder de defesa num momento em que a disputa com a China pelas Ilhas Senkaku, localizadas no Mar da China Oriental, torna-se mais tensa.

As informações são da rede NHK.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •