Política

Conversações da Parceria Transpacífico chegam ao fim ‘sem um acordo final’

Diferenças entre Japão e EUA em relação a produtos agrícolas foram um dos maiores obstáculos.

Do Mundo-Nipo

As conversações ministeriais entre as 12 nações que negociam o Tratado de Livre-Comércio, conhecido como Parceria Transpacífico (TPP), chegaram ao fim em Cingapura sem uma conclusão. “Progressos foram feitos, mas as conversas terminaram sem um acordo final”, disse uma autoridade envolvida nas negociações.

Os ministros responsáveis pelas relações comerciais dos países, que incluem EUA, Japão, Austrália e Cingapura, participaram das negociações de quatro dias e divulgaram uma declaração conjunta nesta terça-feira (25).

Segundo a declaração, apesar de que algumas questões ainda existam, os ministros criaram um caminho para que as “questões sejam resolvidas com resultados sejam abrangentes e equilibrados”. O documento promete ainda dar continuidade às negociações com o objetivo de alcançar um acordo ambicioso em relação o acesso aos mercados como um todo, incluindo remoção de tarifas.

No entanto, a declaração não estabelece uma data para a próxima rodada de negociações, sugerindo apenas uma retomada a partir de maio, mas afirmam que os negociadores vão buscar um acordo o mais rápido possível.

Especialistas dizem que as diferenças entre Japão e Estados Unidos em relação a produtos agrícolas foram um obstáculo ao acordo amplo que o Japão tinha como uma de suas principais metas na reunião.

O ministro japonês encarregado das negociações da TPP, Akira Amari, disse que “outros ministros” ressaltaram a importância de um acordo entre Japão e Estados Unidos, dado o peso que as duas economias têm em termos de comércio dentro da TPP. Ele enfatizou que o Japão vem fazendo esforços para conseguir um acordo.

No entanto, algumas autoridades do governo japonês dizem que pode ser difícil que haja um acordo em curto prazo, já que é esperado um endurecimento dos Estados Unidos quanto sua posição à medida que se aproximem as eleições que ocorrem na metade do mandato presidencial.

(Do Mundo-Nipo com a NHK News e Agência Kyodo)

 

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.