Sociedade

Quase metade dos universitários japoneses é ‘otaku’, diz pesquisa

Quatro em cada dez universitário se identificam como um otaku.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

Parece haver uma polêmica em torno de ser ou não um “otaku”, o termo é usado no Japão para descrever pessoas que são obcecadas por uma variedade de passatempo. Pensando nisso, um portal japonês especializado realizou uma pesquisa sobre o assunto, na qual foi revelada que um grande número de japoneses afirma ser “otoku”.

Embora o termo seja apontado com certa negatividade e até com um auto grau de marginalização por aqueles que dizem que “ser otaku é perda de tempo”, quatro em cada dez universitário se identificam como um otaku, é o que diz a pesquisa realizada recentemente  pelo portal ‘My Navi’.

A pesquisa foi realizada com 5.663 estudantes, todos prontos para terminar a faculdade ou pós-graduação em março de 2015. Quando perguntados: “Você se considera um otaku?”, 39,5 por cento responderam “sim”.

Os dados obtidos foram divididos em categorias, primeiramente ente homens e mulheres. Depois subdivididos novamente em grupos: estudantes de ciências, como química e engenharia, e aqueles com especialização em artes plásticas e cênicas, bem como economia e psicologia.

A maior concentração ficou entre os homens que cursam ciências, com 43,9 por cento. No entanto, a diferença entre o maior e menor número era apenas de 7,5 por cento. Apesar da imagem tradicional de um otaku ser vista como um fenômeno masculino, o grupo de menor probabilidade de se identificar eram os homens que estudam ciências humanas, com 36,4 por cento.

Entre as mulheres, os dois maiores grupos ficou entre as que estudam artes e ciências, com 39,2 e 38,9 por cento, respectivamente. Além disso, a diferença total entre homens e mulheres que se dizem otaku era de um insignificante 0,3 por cento.

Embora a palavra otaku seja mais comumente usada para se referir aos fãs de anime, ela é mais apropriadamente empregada para indicar uma pessoa que gasta uma enorme quantidade de tempo em qualquer hobby. Com isso, o My Navi pediu aos entrevistados que confessaram ser otaku para escolher as categorias de hobby mais aplicáveis ​​a si mesmos.

O grande vencedor, como esperado, ficou com o grupo que se diz fanático por anime, que abocanhou mais de metade, com 57,3% dos entrevistados. Em segundo, também sem surpresas, ficou o grupo fã de mangás, com 48,5%.

Veja os números na imagem abaixo:

Pesquisa sobre otakus (Imagem: My Navi/Reprodução)

Quadro geral dos resultados da pesquisa (Imagem: My Navi/Reprodução)

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •