Sociedade

Membros de ONG são presos por fraude em Fukushima

Os quatro suspeitos fizeram uma falsa alegação em 2012 de que agências…

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

A polícia japonesa prendeu quatro pessoas por suspeita de fraude relacionada a indenização paga pela operadora da usina nuclear Fukushima Daiichi.

De acordo com as autoridades, três ex-membros de uma Organização Não-Governamental (ONG) com sede em Tóquio e um executivo de uma agência de empregos na Província de Fukushima aplicaram um golpe de 117 mil dólares à Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco).

Os quatro suspeitos fizeram uma falsa alegação em 2012 de que agências de empregos sofreram uma queda em sua demanda, porque receberam menos pedidos de trabalho a partir de hotéis em Fukushima após o acidente nuclear no ano anterior.

A polícia informou que a ONG foi contratada para fazer pedidos de indenização para pessoas afetas pela crise nuclear em Fukushima, incluindo agências de emprego locais.

Mais de 1 milhão de dólares foram pagos com base nas reclamações feitas pela ONG, que é representada pelo ex-ministro da Defesa Fumio Kyuma.

Segundo a rede NHK, 3 dos 4 suspeitos admitiram as acusações.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •