Notícias Sociedade

Pela 1ª vez, Japão recebe refugiados ucranianos em voo comercial

Centenas de refugiados ucranianos ja chegaram ao Japao Foto Kyodo
©Kyodo

Japão já aceitou centenas de refugiados da Ucrânia, mas a chegada de seis ucranianos é a primeira em voo comercial custeado pelo país.

O Japão recebeu neste sábado (9) refugiados ucranianos que chegaram ao país em um voo comercial direto da Polônia, o que se configurou na primeira entrada de imigrantes no país em voo custeado pelo governo japonês, informou o site Kyodo News, da agência japonesa Kyodo.

Com idades entre 6 e 55 anos, os seis ucranianos, sendo cinco do sexo feminino, chegaram ao aeroporto de Narita, perto de Tóquio, vindos de Varsóvia, segundo a Agência de Serviços de Imigração do Japão.

O Japão prometeu desempenhar um papel mais ativo na prestação de assistência humanitária ao povo ucraniano após a invasão da Rússia. Mediante essa promessa, o primeiro-ministro Fumio Kishida disse que o governo garantirá passagens semanais em voos diretos da Polônia para o Japão, com assentos reservados para aqueles que fogem do país devastado pela guerra.

Pessoas atravessam uma ponte destruida nos arredores de Kiev na Ucrania enquanto forcas russas cercam a capital Foto Emilio Morenatti AP 900x550 02
Pessoas atravessam uma ponte destruída nos arredores de Kiev, na Ucrânia, enquanto forças russas cercam a capital / Emilio Morenatti/AP

A Agência explicou que essa assistência gratuita, que o Japão planeja prosseguir por um determinado tempo, estará disponível para aqueles que residem na Ucrânia e desejam “fugir” para o Japão, mas que não tem condições de viajar por conta própria.

“Se não tiverem conhecidos ou familiares no Japão, [os refugiados] podem ficar em quartos de hotel a serem providenciados pelo governo depois de entrarem no país”, disse.

Até agora, os refugiados ucranianos chegaram ao Japão por conta própria ou por um avião do governo japonês, que chegou na última terça-feira ao aeroporto de Haneda, em Tóquio, levando 20 deles da Polônia, onde o ministro das Relações Exteriores Yoshimasa Hayashi visitou para aprender sobre a crise dos refugiados.

Na última quarta-feira, o Japão, conhecido por sua rígida política de imigração e refugiados, permitiu a inédita entrada de 437 pessoas da Ucrânia.

Embora a quantidade de refugiados que chegaram ao Japão desde 2 de março, cerca de uma semana após o início da guerra na Ucrânia, seja um recorde para o país, ainda é pequeno, uma vez que 4,44 milhões de refugiados já fugiram da Ucrânia, incluindo cerca de 2,56 milhões para a Polônia e cerca de 678.000 para a Romênia, segundo o Escritório do Alto Comissariado da ONU para Refugiados.

== Mundo-Nipo (MN)

(Visited 1 times, 1 visits today)