Sociedade

Japão marca 3º aniversário do terremoto e tsunami de 2011

Três anos após o terremoto de magnitude 9, comunidades atingidas pelo desastre continuam lutando para reconstruir suas vidas e propriedades.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  

Do Mundo-Nipo

terceiro aniversário do terremoto e tsunami de 2011 (Foto: Kyodo)

Várias homenagens serão realizadas em cidades de todo o país, com um minuto de silêncio marcado para às 14h46 (Foto: Kyodo)

O Japão marca nesta terça-feira (data local) o terceiro aniversário do terremoto e tsunami que devastaram o nordeste do país em 2011, deixando mais de 18 mil mortos e desaparecidos, além de provocar o pior acidente nuclear desde Chernobyl, em 1986.

Três anos após o terremoto de magnitude 9, comunidades atingidas pelo desastre continuam lutando para reconstruir suas vidas e propriedades.

Várias homenagens serão realizadas em cidades de todo o país, com um minuto de silêncio marcado para às 14h46, momento exato que o grande terremoto ocorreu, forçando a evacuação de cerca de 470 mil pessoas.

O terremoto e tsunami deixaram 15.884 mortos, muitos por afogamento pela onda de 20 metros de altura. Outras 2.636 pessoas continuam desaparecidas, segundo dados divulgados no dia, 18 de fevereiro pela Agência Nacional de Polícia.

 

Antes e depois do terremoto e tsunami em Kamaishi, província de Iwate (Foto: Kyodo)

Três anos após o terremoto de magnitude 9, comunidades atingidas pelo desastre continuam lutando para reconstruir suas vidas e propriedades.(Foto: Kyodo)

 

A busca por desaparecidos ao longo das margens das três províncias costeiras mais afetadas no nordeste japonês – Iwate , Miyagi e Fukushima – continuam até hoje, enquanto parentes se agarram à esperança de recuperar os corpos de seus entes queridos.

Atualmente, pelo menos 267 mil pessoas ainda vivem em abrigos ou outras residências temporárias em todo o país.

Cerca de 3.000 pessoas tiveram mortes após o desastre relacionadas com suicídio e outros fatores como o estresse. Muitas dessas mortes ocorreu entre pessoas que vivem em centros de evacuação.

Conforme dados da Agência de Reconstrução do Japão, 47.995 pessoas de Fukushima continuam refugiando-se do lado de fora da província, onde a usina nuclear de Fukushima Daiichi está localizada.

(Do Mundo-Nipo com agência Kyodo)

 

Assista o vídeos do terrível tsunami:

 

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •