Tomiko Itooka, de 115 anos, se torna a pessoa mais velha do Japão

Itooka nasceu em Osaka, mas reside em uma casa de repouso em Hyogo. Ela foi jogadora de vôlei nos tempos de colégio e gosta muito de doces.
Tomiko Itaooka completou 115 anos em maio de 2023 | Foto: Kyodo/Prefeitura de Ashiya
Tomiko Itaooka completou 115 anos em maio de 2023 | Foto: Kyodo/Prefeitura de Ashiya

O Ministério japonês da Saúde anunciou que Tomiko Itooka, uma mulher de 115 anos que reside em Ashiya, na província de Hyogo, no oeste do país, tornou-se a pessoa mais velha do Japão após a recente morte da antiga detentora do título, de acordo com a Kyodo News Japan.

Nascida em 23 de maio de 1908, em Osaka, Itooka é a mais velha de três irmãos e pertencia a um clube de vôlei durante seus tempos de estudante, de acordo com as autoridades da cidade onde reside atualmente.

Quando entrou em uma casa de repouso na cidade de Ashiya, em 2019, ela ainda conseguia se locomover de forma independente. Mas, atualmente, ela precisa ser acompanhada em uma cadeira de rodas para fazer suas refeições na sala de estar, disseram os membros da equipe que cuida de Itooka na casa de repouso.

Itooka gosta de doces, e um de seus maiores prazeres é tomar a bebida probiótica “Calpis”, disse a equipe.

Seu aniversário é comemorado com festejos desde que começou a residir no centro de repouso. Este ano, porém, o prefeito de Ashiya, Ryosuke Takashima, que foi eleito, em abril deste ano, o prefeito mais jovem da história do Japão, aos 26 anos de idade, parabenizou a célebre anciã pessoalmente.

Tomiko Itaooka completou 116 anos em maio Foto Prefeitura de Ashiya2
Tomiko Itooka (E) posou para fotos ao lado do jovem prefeito de Ashiya, (D) Ryosuke Takashima | Foto: Kyodo/Prefeitura de Ashiya

A anciã se tornou a pessoa mais velha do Japão após a morte de Fusa Tatsumi, de 116 anos, em Kashiwara, na província de Osaka. Ela morreu na última terça-feira..

A nova detentora do recorde, no entanto, ainda não foi informada da notícia porque está gripada, de acordo com a casa de repouso que, por sua vez, pretende contar a boa notícia assim que Itooka se recuperar.

Atualmente, a pessoa viva mais velha do mundo é Maria Branyas, uma catalã de 116 anos. Ela recebeu o título do Guinness em fevereiro deste ano.

Kane Tanaka

O título de pessoa mais velha de todos os tempos no Japão pertenceu a Kane Tanaka. A simpática anciã foi reconhecida, em março de 2019, como a pessoa viva mais velha do mundo pelo Livro Guinness dos Recordes (Guinness World Records).

Kane faleceu em 19 de abril de 2022, aos 119 anos na cidade de Fukuoka, no sudoeste do Japão.

Possuidora de ótimas faculdades mentais mesmo com a idade amplamente avançada, as diversões preferidas de Kane eram estudar matemática e praticar caligrafia, além de jogar um clássico e intrincado jogo de tabuleiro chamado Reverse, no qual muitas vezes superava a equipe da casa de repouso onde vivia.

Longevidade japonesa

O Japão já registrou vários recordes de pessoas mais longevas do mundo. O homem que chegou à idade mais avançada no planeta foi o japonês Jiroemon Kimuro, que faleceu em 12 de junho de 2013, aos 116 anos.

Embora seja notório a longevidade da mulher japonesa,  o recorde de pessoa viva mais velha do mundo pertence uma francesa, Jeanne Calment, que morreu em 1997, aos 122 anos e 164 dias.

== Mundo-Nipo (MN)

Total
0
Shares
Related Posts
Total
0
Share