Sociedade

Justiça do Japão confirma pena de morte a homem que matou 3 pessoas em Nagano

O juiz declarou que Kazufumi Ito foi o maior responsável entre os quatros réus envolvidos no assassinato.

O Tribunal Superior de Tóquio confirmou a sentença proferida por um tribunal de primeira instância a um homem, de 35 anos, condenado a pena de morte por roubo seguido de assassinato de três pessoas da mesma família, na cidade de Nagano, em 2010, rejeitando o recurso do réu.

Na quinta-feira (20), o presidente do magistrado, Juiz Hitoshi Murase, confirmou a sentença ao réu, Kazufumi Ito. O juiz declarou que “Kazufumi Ito foi o maior responsável entre os quatro réus envolvidos no caso, desempenhando o papel central no assassinato das três pessoas”.

Tomohiro Matsubara, um dos quatro réus envolvidos no crime, foi o primeiro a receber pena capital pelo Tribunal Superior, em março de 2011. Seu advogado de defesa imediatamente entrou com um recurso no Supremo Tribunal contra a decisão.

Dia do crime
No dia 24 de março de 2010, quatro homens invadiram a casa de uma família na cidade de Nagano, matando Fumio Kin, de 62 anos, empreiteiro de construção, seu filho Yoshiaki, de 30 anos, e Yukiko Kusumi, de 26 anos, esposa de Yoshiaki.

Os quatro depois enterraram os corpos das vítimas em um pátio de estocagem em Nishio, na província de Aichi. Eles também roubaram cerca de 4,1 milhões de ienes (aproximadamente R$ 94 mil) da família.

(Com a Agência Kyodo)

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.

Comentários