Sociedade

Homem é preso por espancar filho de 2 anos até a morte no Japão

Algemas "Japan Police" (Foto: Xpress Stock Photo/Montagem Mundo-Nipo) Todos os direitos reservados. 900x600 | 19/02/2016.
Foto: Stockvault/Montagem MN

O Ministério Público “achou seguro” que a criança retornasse para o pai, mesmo sabendo que ele já havia agredido o filho em outras ocasiões.

Um homem de 26 anos foi preso em Wakayama, centro-oeste do Japão, por bater em seu filho de 2 anos até a morte, informou a imprensa japonesa.

De acordo com a polícia local, o homem, identificado como Kazuki Hara, foi preso depois que seu filho, Seri, morreu em julho passado. O hospital disse que a causa da morte foi devido a uma hemorragia subaracnóidea provocada por traumatismo craniano.

Em 2011, o menino havia sido levado para o hospital após o pai supostamente ter pisado em cima do mesmo, quebrando vários de seus ossos. No entanto, o Ministério Público do Japão declarou que a culpa de Hara não poderia ser provada e ordenou a suspensão da acusação.

Enquanto Seri estava no atendimento, funcionários do governo se reuniram 25 vezes com Hara e foram 35 vezes a sua casa em ocasiões separadas.

As autoridades julgaram seguro para Seri retornar a casa de seu pai em junho deste ano. Ele morreu um mês e meio mais tarde. Apesar de todas as evidências de maus tratos e de violência contra a criança, a polícia informou que Hara nega a intenção de ferir o filho que, por sua vez, está morto.

Fonte: Jornal Japan Today.

Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.