Tecnologia

Rakuten lança plano de rede 5G ilimitada por US$ 28 mensais no Japão

©Toru Hanai

O plano da Rakuten custa menos da metade do preço cobrado pelas três maiores operadoras de telefonia móvel no Japão.

  • 29
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    29
    Shares

A Rakuten Mobile iniciou ontem (30) seus novos serviços de dados ilimitados da ultrarrápida rede 5G por apenas 2.980 ienes (US$ 28) por mês, menos da metade das taxas cobradas por outras grandes operadoras de telefonia móvel no Japão.

A medida segue os repetidos pedidos do primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga, para que as operadoras de telefonia móvel cortem substancialmente as tarifas, que são consideradas altas em comparação com outros países desenvolvidos.

As declarações da Rakuten podem intensificar a batalha de preços entre seus maiores rivais no setor.

“Oferecemos tarifas que marcaram época e são 70% mais baixas do que as de outras operadoras sem fio”, disse o presidente e CEO da Rakuten, Hiroshi Mikitani, em uma entrevista coletiva online.

No entanto, o serviço 5G de baixo custo da Rakuten está atualmente disponível apenas em áreas limitadas em seis prefeituras, incluindo Tóquio, Osaka e Hokkaido. Os clientes também devem ter aparelhos compatíveis ​​com a rede 5G.

A unidade de telefonia móvel da Rakuten disse que planeja expandir suas próprias redes 5G em todas as 47 prefeituras do Japão até março de 2021.

Menos da metade do preço

No Japão, as principais operadoras de telefonia móvel, a Docomo, a KDDI e a SoftBank, oferecem atualmente planos de serviço de dados 5G semelhantes ao da Rakuten, mas com preços bem mais elevados, em cerca de 7.000 ienes e 8.000 ienes por mês.

A unidade de telefonia móvel da Rakuten conseguiu reduzir drasticamente as taxas por meio de esforços de corte de custos na construção de estações base, enquanto seus rivais estão gastando várias centenas de bilhões de ienes anualmente para construir redes 5G em todo o país.

Antes da ação da Rakuten, a Docomo, maior operadora de telefonia móvel do Japão em matéria assinantes, disse na última terça-feira (29) que se tornará uma unidade integral da Nippon Telegraph and Telephone Corporation (NTT) por meio de uma oferta pública de 4,25 trilhões de ienes, a maior já feita no Japão, em uma tentativa de acelerar o fornecimento de redes 5G e criar uma equipe de gestão mais eficaz.

“Não comentamos sobre as mudanças de outras operadoras, mas acreditamos que podemos obter mais assinantes em razão deste plano com preço ulta-baixo”, disse o presidente da Rakuten Mobile, Yoshihisa Yamada.

Plano exclusivo

Em abril, a Rakuten Mobile, uma nova operadora no mercado, lançou o serviço de telefonia móvel em grande escala usando redes 4G com um plano exclusivo de taxa única, e que também custa 2.980 ienes por mês para chamadas ilimitadas e serviços de dados.

Mas esse plano de baixo custo se aplica apenas a algumas áreas urbanas, incluindo Tóquio, Nagoya e Osaka, onde a empresa estabeleceu suas próprias redes. Porém o serviço não conseguiu quebrar o oligopólio (no qual poucas empresas controlam o mercado) das três principais operadoras de telefonia móvel no Japão.

A Rakuten Mobile havia planejado originalmente iniciar seus serviços 5G em junho passado, mas adiou o lançamento devido à disseminação do novo coronavírus.

Os assinantes que já tem o plano ilimitado de rede 4G da Hakuten, que custa 2.980 ienes mensais, receberam ontem o sinal da rede 5G automaticamente, ou seja, não precisam fazer um novo plano, basta somente ter um aparelho compatível com a nova rede.

Banner de lançamento do serviço 5G da Rakuten Mobile / Reprodução
Nova no mercado de telecomunicações

A gigante do comércio eletrônico entrou pela primeira vez no mercado em outubro de 2014 como uma operadora de rede móvel virtual, usando redes de outras operadoras de telefonia móvel no país.

Mundo-Nipo (MN)
Fontes: Kyodo News | Rakuten Mobile.

  • 29
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
  •  
    29
    Shares