Ciência e Saúde Tecnologia

Feromônios e namoro na era digital

Namoro virtual Depositphotos 9168677 L 900x600
©Depositphotos

Saiba o que é feromônio e como ele pode ajudar a encontrar alguém mesmo na era digital, em que relacionamentos começam virtualmente.

Atualizado em 20/04/2022

Os feromônios desempenham um papel importante sobre quem nós atraímos ou somos atraídos. Na verdade, os feromônios, também conhecidos como feromona, são hormônios sexuais que permitem que seres da mesma espécie se reconheçam e interajam. Porém, como muitos dos pormenores do namoro são realizados online no século 21, pode-se querer tomar conhecimento de outros aspectos, já que a atração por outra pessoa via online não existe a interação por meio dos feromônios.

Então, como é possível saber se realmente há atração por outra pessoa sem ter a troca de feromônios?  Continue lendo para obter informações sobre feromônios e como eles podem ajudar a encontrar alguém.

O que são feromônios?

Feromônios são substâncias químicas liberadas através do suor. A concentração dessas substâncias varia de pessoa para pessoa, o que resulta em cheiros distintos. Pesquisas sugerem que indivíduos podem sentir feromônios, o que pode dar uma indicação se estão atraídos por alguém. Ao mesmo tempo, deve-se estar próximo de outra pessoa para sentir seus feromônios. Isso pode ser problemático quando se está envolvido em namoro online ou quando se precisa ficar isolado por algum tempo, como é o caso da pandemia que começou em 2020.

Para saber mais sobre feromônios e o que eles podem fazer, confira BetterHelp.

Outras questões a considerar

Por fim, pode-se precisar estar na mesma sala com alguém para saber se está sexualmente atraído. No entanto, existem outras maneiras de se aproximar, ainda que por meio de interações online.

Tendo uma conversa

Quando se está envolvido com namoro on-line, é provável querer primeiro conversar com o parceiro em potencial, para ver se existe alguma química. Caso se goste de conversar e aprender mais sobre a pessoa, deve continuar a fazê-lo, a fim de descobrir o máximo que puder. Isso pode dar uma boa ideia sobre a compatibilidade.

Falando sobre seus interesses

É importante conversar com o outro sobre gostos e desgostos. Por exemplo, se vocês têm opiniões opostas, pode não ser uma boa ideia namorar a longo prazo. Isso pode gerar discussões sobre suas crenças. Em outras palavras, pode ser útil saber as visões de uma pessoa sobre as coisas no início do relacionamento, para se determinar se são ou não compatíveis.

Construindo um vínculo

Quando se nota que deseja aprender mais sobre um pretendente, deve-se continuar a construir um vínculo pelo tempo que desejar. Não há regra sobre quanto tempo se pode interagir nas redes sociais, por meio de mensagens de texto ou chamadas de voz.

Chamadas de vídeo

Quando ambos estão prontos para se ver, o primeiro passo é fazer uma vídeo chamada. Isso pode mostrar como a outra pessoa se parece, e descobrir imediatamente se a considera bonita. Se ver em tempo real, torna mais fácil quebrar o gelo.

Relacionamento virtual Depositphotos 441346968 L 900
©Depositphotos
Saiba quando ir embora

Caso se note algum sinal de alerta ao longo do caminho ou não se goste da pessoa com quem está falando, deve-se sentir confortável o suficiente para cessar a interação. Pode ser difícil saber de quem vamos acabar gostando quando se trata de namoro online, especialmente quando não se pode sair com a pessoa. No entanto, nunca se deve ignorar os instintos, portanto, se eles disserem que seu relacionamento não é o ideal, confie.

Marcando um encontro

Finalmente, depois de dedicar um tempo para conhecer alguém conversando, é hora de finalmente conhecê-lo pessoalmente. Quando isso pode ser feito de maneira segura, pode ser a melhor forma de saber se está sexualmente atraído ou não. Além disso, é preciso ver um indivíduo pessoalmente para sentir seus feromônios. Isso ajudará a decidir se deseja dar continuidade ao relacionamento.

Conclusão

Pode ser complicado navegar o processo de namoro quando ocorre em grande parte online e pode ser necessário estar na mesma sala com alguém para saber se está atraído. Contudo, ainda se pode construir um vínculo e aprender mais sobre a pessoa, tendo assim uma noção melhor sobre compatibilidade. Certifique-se de confiar em seus instintos e não se arriscar durante o processo.

Sobre a autora
Marie Miguel 02
Marie Miguel

Marie Miguel é redatora especialista em pesquisas há quase uma década, cobrindo uma variedade de tópicos relacionados à saúde. Atualmente, ela está contribuindo para a expansão e o crescimento de um recurso online gratuito de saúde mental com a BetterHelp.com.

Com interesse e dedicação em lidar com os estigmas associados à saúde mental, Marie Miguel continua a focar especificamente em assuntos relacionados à ansiedade e à depressão.