Tecnologia

PES 2021: Shinji Okazaki, é homenageado no Iconic Moment

O atacante japonês Shinji Okazaki ganhou o seu personagem especial, que já está disponível para os usuários do PES no MyClub.

Um dos eventos especiais promovidos pelo simulador de futebol PES 21 (Pro Evolution Soccer), o Iconic Moment (Momento Icônico), disponibiliza regularmente jogadores especiais no modo de jogo MyClub, homenageando alguns dos momentos mais icônicos da carreira destes futebolistas, estejam eles em atividade ou aposentados.

Recentemente, o Leicester City, da Inglaterra, foi representado no Iconic Moment por um jogador essencial na conquista do título do Campeonato Inglês da temporada 2015/16. O atacante japonês Shinji Okazaki ganhou o seu personagem especial, que já está disponível para os usuários no MyClub.

O avatar de Okazaki ocupa a posição de CF (centroavante) e conta com um impressionante overall de 91. Na temporada em que foi destaque no Leicester, Okazaki disputou 39 jogos, marcando seis gols. O japonês ainda defendeu os The Foxes (As Raposas) por outras três temporadas, deixando o time apenas ao final das competições de 2019, quando se transferiu para o Huesca, da Espanha.

Título de 2015/16 ainda impressiona

A conquista do título inglês pelo Leicester na temporada 2015/16 não foi nada menos que incrível, e apresentou o time para todo o mundo, que não prestava atenção nele até aquele momento. O clube vem de uma cidade pequena, com apenas 340 mil habitantes, e no início do torneio tinha o quarto elenco menos valioso de toda a primeira divisão da Premier League, ficando à frente apenas dos times que tinham acabado de conseguir o acesso para elite do futebol inglês.

E como de praxe, o time era uma dos grandes favoritos a ser rebaixado na temporada, onde um dos seus grandes jogadores, Jamie Vardy, até os 23 anos ainda defendia um time da sétima divisão inglesa. Já o treinador da equipe, Claudio Ranieri, apesar de ter um certo renome nunca havia vencido um torneio nacional. Ou seja, o Leicester nada mais era que um grande azarão, tanto no coração dos torcedores, quanto nas casas de apostas online, que cobrem os principais eventos esportivos do planeta.

Contudo, se há um esporte imprevisível neste mundo é o futebol – e naquele ano o Leicester fez história. Os campeonatos de pontos corridos tendem a premiar aqueles times que conseguem manter a regularidade ao longo das 38 rodadas, dessa forma, equipes que contam com um plantel de jogadores mais recheado e de habilidade acima da média, aumentam suas chances de vitória ao longo do torneio.

Como já dito anteriormente, o time era um dos favoritos a ser rebaixado, sendo que na temporada anterior tinha escapado da zona da degola por pouco. Mas no ano em que foi campeão, o Leicester conseguiu uma campanha impressionante: em 38 jogos, acumulou 23 triunfos, 12 empates e apenas 3 derrotas. Além disso, a equipe balançou as redes 68 vezes, e sofreu 36 gols, angariando 71% dos pontos disputados. O feito mais impressionante, porém, foi ter conseguido desbancar gigantes do futebol mundial.

A Premier League é tida como um dos torneios mais equilibrados do mundo, mas sabemos que times como Arsenal, Chelsea, Manchester City, Manchester United, Liverpool e Tottenham irão disputar as primeiras posições da competição, tendo milhões de libras investidas em seu elenco a cada temporada. Contudo, o Leicester provou que nem sempre o mais rico ou a camisa mais pesada irá vencer um campeonato.

Mediante isso, os The Foxes não tomaram conhecimento de nenhum dos grandes times ingleses naquele ano, conseguindo desbancar todos. Inclusive, vencendo um dos principais favoritos em casa, o Manchester City, que tomou 3 x 1 diante da torcida que lotava o City of Manchester Stadium.

Assim sendo, na Premier League mais insana de todos os tempos, o Leicester conseguiu mostrar ao mundo que uma equipe pequena pode enfrentar e vencer os gigantes, e que no futebol o verdadeiro vencedor é aquele que joga e não quem somente especula