Lançamentos

Japão apresenta projeto de trem de levitação magnética que chega a 500 km/h

A construção do projeto deve iniciar em abril de 2014, depois do plano ser apresentado para moradores de áreas afetadas.

Do Mundo-Nipo

A Central Japan Railway, conhecida como JR Tokai, divulgou nesta quarta-feira um esboço do trabalho de construção de seus trens de levitação magnética, incluindo a localização das seis estações planejadas e a rota do serviço.

 

Trem de levitação magnética do Japão (Foto: reprodução ANN)

Trem de levitação magnética do Japão (Foto: reprodução ANN)

 

O presidente da operadora de trem, Yoshiomi Yamada, anunciou que os terminais serão construídos na estação de Shinagawa, em Tóquio, e na estação de Nagoya, ambas subterrâneas, com quatro estações entre elas. A maior parte do percurso, ao longo da rota planejada 286 quilômetros entre Tóquio e Nagoya, será em túneis subterrâneos que atravessam regiões montanhosas no centro do Japão.

O serviço de trem maglev , planejado pela JR Tokai, na nova linha Chuo Shinkansen, que deve iniciar em 2027, deve ligar Tóquio e Nagoya em cerca de 40 minutos, cerca de uma hora a menos do que os serviços convencionais de trem bala shinkansen.

Também nesta quarta-feira, a empresa apresentou documento relatando o possível impacto da construção da rota em 39 municípios e 7 províncias.

A construção do projeto deve iniciar em abril de 2014, depois do plano ser apresentado para moradores de áreas afetadas.

A JR Tokai pretende estender a rota de Nagoya para Osaka em 2045, ligando Tóquio e Osaka em 1h7min.

O custo total para o transporte ferroviário de Tóquio a Osaka é estimado em cerca de 90,3 bilhões de dólares.

O trem de levitação magnética chega a uma velocidade máxima de 500 quilômetros por hora.

 


Mundo-Nipo. Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização escrita do Mundo-Nipo.com. Para maiores esclarecimentos, leia a Restrição de uso.