Variedades

Fenômeno Diamante Fuji surge por completo no pico do Monte Fuji

Fenômeno Diamante Fuji

Centenas de pessoas esperaram desde a madrugada em meio ao frio do inverno japonês para contemplar o magnífico fenômeno que dura apenas dois minutos.

Centenas de pessoas compareceram na manhã desta quarta-feira (2) às margens do lago Kawaguchiko, na província de Yamanashi, no centro do Japão, para assistir o fenômeno Diamante Fuji, um espetáculo da natureza em que o sol brilha como um diamante por trás do pico do Monte Fuji, de acordo com informações da imprensa local.

O fenômeno “diamante” ocorre apenas no outono e no inverno japonês, podendo acontecer quando o sol nasce ou se põe atrás do Monte Fuji, o que depende do lado do monte em que o fenômeno é contemplado. Porém, sua aparição no pico do Fuji durante o inverno varia entre 10 e 12 dias no máximo.

O cume do espetáculo é quando o sol alcança o pico da montanha mais famosa do Japão, é o momento em que os raios de sol brilham como um gigantesco diamante no topo do Monte Fuji, o que aconteceu por completo nesta quarta-feira.

Segundo a agência ‘Kyodo’, cerca de 400 pessoas presenciaram o evento. Entre eles estavam moradores locais, turistas estrangeiros e de outras regiões do país, bem como profissionais da mídia japonesa.

Como sempre acontece nesta época do ano, o fenômeno pode ser contemplado a partir do lago Kawaguchiko, mais precisamente do lado da cidade de Fujikawaguchiko.

Repórteres e turistas enfrentaram baixas temperaturas e tiraram fotos enquanto o sol começava a aparecer por trás do pico da montanha mais alta do Japão (3.776 metros de altura), por volta das 8h locais de quarta-feira (21h de terça-feira pelo horário de verão em Brasília).

“A aparição do fenômeno empolgou centenas de pessoas que esperavam desde a madrugada em meio ao frio do inverno japonês”, destacou a agência ‘Kyodo’.

Fotógrafos amadores e profissionais tiraram fotos até o sol surgir por completo no topo do majestoso “Fuji-san” – o fenômeno dura apenas cerca de dois minutos até que o sol saia completamente por trás da montanha.

Mais uma vez, o fenômeno foi transmitido “ao vivo” pela emissora pública ‘NHK’. Contudo, cinegrafistas amadores, bem como profissionais de outras emissoras, também registraram o espetáculo.

De acordo com a ‘NHK’, o resort Fuji Motosuko, uma instalação turística da região, organiza eventos para a contemplação do “Diamante Fuji” até o dia 10 de janeiro.

Veja abaixo imagens do fenômeno registradas por um drone:

Do Mundo-Nipo
Fontes: Kyodo News | NHK News.