Variedades

Alunos brasileiros participam de olimpíada de matemática no Japão

Foto: iStock/Free

Oito alunos do Colégio Logosófico de Brasília, todos com 14 anos, estão no Japão para disputar a segunda etapa da Olimpíada Internacional de Matemática.

Alunos de um colégio em Brasília vão representar o Brasil na segunda etapa da Olimpíada Internacional de Matemática sem Fronteiras (OIMSF), no Japão. Os jovens, todos de 14 anos, fazem prova nesta terça-feira (16), em Fukuoka, no sul do arquipélago japonês.

Ao todo, são oito estudantes do Colégio Logosófico, localizado na Asa Norte da capital brasileira. Eles cursam o nono ano e conquistaram o primeiro lugar na etapa estadual e nacional da olimpíada, que deu a eles a vaga para a segunda etapa fora do país.

Eles embarcam na última quinta-feira rumo ao Japão. Antes da viagem, os alunos conversaram com a Agência Brasil.

Rodrigo de Moraes conta que está se preparando para a próxima etapa e está bastante ansioso para a viagem: “estou fazendo exercícios e controlando o tempo para responder às questões de maneira rápida”.

Tauã Valentim participa pela primeira vez do evento internacional e disse que, apesar do nervosismo, pretende fazer uma boa prova. “Me sinto nervoso por estar participando de uma competição tão grande, mas confiante para trazer um bom resultado”.  

A jovem Luana Anghero Rosa Lopes acredita que a competição agrega experiência para sua vida acadêmica e sente o peso de representar o país no exterior. “É uma responsabilidade muito grande, fazer parte dessa competição’’.

Em sua primeira participação no evento, a estudante Thais Yuki Okada falou da ansiedade que sente não só por representar o Brasil, mas também por viajar pela primeira vez ao Japão, onde seus pais nasceram.

“Vou ter a oportunidade de conhecer o país em que meus pais nasceram”, disse ao acrescentar: “sinto uma grande responsabilidade e ansiedade por representar, não só a capital, mas o Brasil”.

O professor de matemática Vitor Taliel de Oliveira acompanha os jovens na viagem e contou à Agência Brasil como foi a preparação para a etapa no Japão.

“Após a aprovação da primeira fase, fizemos um roteiro de estudos, revisado o conteúdo e mostrando conteúdo que eles ainda não tinham visto”, disse o professor.

Vitor confia que os alunos vão trazer bons resultados para o Brasil: “são alunos bastante dedicados, por isso acredito no bom resultado deles no Japão”.

De acordo com a diretora do Colégio Logosófico, Lúcia Maria Soares de Andrade, a escola participa da competição há quatro anos e sempre traz bons resultados.

“Os alunos sempre participaram dessa Olimpíada, desde o sexto ano, e sempre receberam medalhas”, afirmou.

Para Lúcia, a confiança nos alunos é fundamental: “pretendemos trabalhar, com as próximas turmas, a mesma confiança que essa turma teve’’.

A premiação da Olimpíada Internacional de Matemática sem Fronteiras será na sexta-feira (19). A delegação brasileira retorna ao Brasil após a premiação.

MN – Mundo-Nipo.com
Com Agência Brasil