Variedades

Japonês pede divórcio após ter coleção de animes destruído pela esposa

Anime Ore no Imoto ga Konna ni Kawaii Wake ga Nai (Foto: Reprodução)

Antes de jogar fora os preciosos animes e mangás do cônjuge, a esposa cortou tudo com tesoura.

Atualizado em 19/01/2017 – 15h41


No Japão, uma dona de casa pediu aconselhamento online depois do pedido de divórcio do marido, motivado por uma briga na qual a mulher teria destruído a coleção de animes (desenho animado japonês) em blu-ray do cônjuge, além de alguns exemplares de mangás raros (quadrinhos japoneses).

A procura de conselhos, a aflita dona de casa levou seu problema conjugal para o fórum do jornal ‘Yomiuri’ (um espaço de aconselhamentos, dedicado a mulheres), onde relatou, detalhadamente, os conflitos que levaram o marido a pedir divórcio.

Sob o pseudônimo de “Maki”, a mulher, que revelou ter mais de 30 anos, com um marido três anos mais velho e um filho de 11 anos, disse que a discussão teria iniciado depois de o marido começar a comprar várias caixas de bebidas alcoólicas para que pudesse “participar de uma promoção em uma loja de conveniência”. A indignação de “Maki” teria desencadeado após ter visto o valor das bebidas, mais de 10 mil ienes (cerca de 277 reais no câmbio atual – 19/01/2017).

“Maki”, então teria recusado fazer os trabalhos domésticos, já que considerava que o dinheiro estava sendo mal investido. No entanto, no mês seguinte, o marido teria mudado a conta bancária de sua empresa, incluindo as economias da família, e depositado na conta pessoal. A partir de então, ele teria declarado que “estaria no comando de todas as finanças da família”.

Depois de passado um tempo nesta situação, “Maki” decidiu que ele tinha ultrapassado os limites e, enquanto o marido estava ausente, jogou fora todos os seus preciosos animes em blu-ray e alguns exemplares raros de mangás.

Ao descobrir o que a esposa havia feito, o marido teria corrido para área de coleta de lixo na tentativa de recuperar, ao menos, os que seriam mais preciosos. Ao encontrá-los, porém, o marido teria descoberto que “Maki” não só havia jogado fora como também cortado tudo com tesoura.

Furioso, o homem se trancou no quarto e se recusou a sair. Na manhã seguinte, ele teria lhe dito antes de sair: “Vamos nos divorciar. Eu quero que você saia imediatamente”. Ele acrescentou que iria manter o seu filho, conforme escrito pela mulher no fórum.

Então, finalmente, “Maki” terminou o relato dizendo: “Eu não quero me divorciar. O problema é o hobby dele”.

Embora seja uma situação difícil para os envolvidos, grande parte dos comentários no fórum não foi a favor de “Maki”:

“Você foi longe demais. Não há nada a ser feito, então saia!”

“Faça o seu próprio dinheiro para que possa viver em seu próprio país.”

“Eu me sinto tão mal pelo seu marido! Por favor, faça o que ele pediu e se divorcie.”

“Não há nenhuma maneira disso ser resolvido, pois a culpa é sua!”

Fontes: Rocket News | Nico Nico News.