Variedades

Japão lança serviço de ônibus gratuitos para turistas

Aeroporto de Narita | Foto: Creative Commons

Os ônibus conectam o aeroporto a três cidades em Chiba e percorrem os principais pontos turísticos locais.

Atualizado em 13/02/2018


A prefeitura de Chiba, no leste do Japão, lançou um serviço gratuito de ônibus expresso que liga o Aeroporto Internacional de Narita, localizado na província, a pontos turísticos locais, segundo noticiou a emissora pública japonesa ‘NHK’.

Os ônibus conectam o aeroporto a três cidades (Tateyama, Kamogawa e Choshi) e percorrem os principais pontos turísticos locais. Ao todo, são quatro viagens diárias em cada uma das rotas e os passageiros podem descer do veículo em qualquer parada no caminho.

Lançado na última segunda-feira, o serviço está em faze experimental e tem como objetivo ampliar o turismo na região. Os resultados dos testes, previsto para encerrar no final de setembro, serão comparados com o movimento de turistas durante o mesmo período do ano anterior e, caso constate um aumento significativo no turismo local, o serviço será implantado em definitivo, podendo ainda ser estendido a outras cidades em Chiba, conforme noticiou a ‘NHK’.

Principais atrativos em Chiba
A província de Chiba é uma península situada ao leste de Tóquio, com 500 km de costa marítima. Ali estão inúmeros portos de pescadores, ótimas praias e campos de flores.

Muitos visitantes que vão ao Japão, atualmente, desembarcam na província de Chiba, no Aeroporto Internacional de Tóquio, em Narita.

Ruínas e gastronomia
“Atrás” de Tóquio, Chiba é a região onde o estilo da vida tradicional foi relativamente mantido por centenas de anos. De fato, lá estão as ruínas das habitações pré-históricas e tumbas, famosos atrativos da província.

Durante séculos, em Chiba nasceram algumas figuras famosas, como o Nichiren, fundador da facção budista homônima. Sairam de lá também Sato Taizen, fundador do primeiro hospital privado do Japão, e Ino Tadataka, cartógrafo responsável pelo levantamento do primeiro mapa da costa japonesa.

Os produtos tradicionais da região, como peixe, marisco, e shoyu, são motivo de orgulho juntamente com os vegetais, flores e madeiras (cedro). Mas a maior característica do folclore cultural de Chiba vem do mar. Ainda hoje, centenas de barcos pesqueiros partem para o Oceano Pacífico. Muitos desses ainda são pintados de azul e branco, conforme a tradição. Nos festivais, a presença de grandes estandartes coloridos com cores primárias e o traje do quimono “maiwai” são os artesanatos representativos do folclore de Chiba.

Para relaxar
Chiba é um dos locais preferidos que os habitantes de Tóquio procuram para relaxar. As areias brancas das praias estão entre as melhores do Japão, a pesca é excelente e o interior oferece o agradável cenário das montanhas. Para o roteiro cultural existem muitas alternativas, como o Museu Nacional da História Japonesa e o Museu da História Natural.

Há também o Tokyo DisneySea, que é um parque temático de 71,22 localizado no Tokyo Disney Resort, na cidade de Urayasu.

A capital, cidade de Chiba, está a 45 minutos de Tóquio em viagem de trem. O centro tem atraentes bulevares e praças, ótimas lojas, hotéis e restaurantes. O porto é o segundo maior em volume de cargas no país. Essa modernidade guarda um lado tradicional com as típicas festividades que acontecem durante todos os anos no verão. Marcantes também são as cerejeiras do Castelo de Chiba, lembranças do passado de uma cidade com origem no século 12 e que representam um papel importante na cultura local.

O castelo fica cerca de 15 minutos de distância da estação de ônibus de Chiba e foi construído há 20 anos, no local do antigo castelo, no Parque de Inohama. É uma construção de cinco andares onde atualmente está o Museu Municipal do Folclore de Chiba.

Situada a apenas 5 minutos a pé da Estação Chiba Minato, linha Keiyo, está a Torre de Chiba, com sua estrutura em metal e vidro e elevadores para os três observatórios. A vista para o porto, da Baía de Tóquio, bem como o majestoso Monte Fuji, são espetaculares. Próximo à torre, está ainda o Museu de Arte da Província.

O zoológico é vasto e está dividido em nove zonas, com aproximadamente mil animais de mais de 200 espécies diferentes. A área é verde e agradável, dando a sensação de proximidade com os bichos. Um modo fácil e conveniente de chegar ao local é utilizando o monotrilho urbano da cidade, Townliner, próximo da estação JR de Chiba.

A história do Nichiren e sua seita estende-se em Tai-no-Ura, a 3 minutos da Estação de Awa-Kominato, onde nasceu o religioso de mesmo nome. O templo ali fundado em 1.276, em comemoração ao seu nascimento, dá vista para o mar. Por uma época, na região, acreditou-se que o madai (pargo) guardava o espírito do Nichiren e era, portanto, considerado sagrado. Hoje, esse peixe é protegido como criação divina da natureza e pode ser apreciado nos passeios de barco pelas águas limpas onde vive.

Namegawa é mais do que uma ilha, onde flamingos, pavões, macacos e outros animais vivem em harmonia num cenário semi-tropical. Fazem parte do complexo, um hotel e vilas à beira mar, a 5 minutos à pé da Estação da Ilha de Namegawa.

Em Katsuura está localizado o segundo maior centro industrial pesqueiro (só perde para Chosi em escala). De longa tradição, o mercado matutino, que existe há 400 anos, é passagem obrigatória para os amantes da pesca. A Baía de Ubara, situada a 10 minutos da Estação de Ubara, é um cenário com costas marítimas formadas por pedras e vilas construídas para os turistas, e a pesca, claro, excelente. No mesmo local está o Katsuura Kaichu Koen, um parque subaquático onde é possível observar o fundo do mar numa profundidade de 8,5m.

O ponto final é Onjuku e Ohara, outra área preferida pelas mergulhadoras (ama) e estação de veraneio bastante popular, com ótimos hotéis situados próximos às praias. Em Ohara, acontece anualmente o famoso festival Hadaka Matsuri no mês de setembro, quando os pescadores carregam nos ombros santuários portáteis num espetáculo tradicional e dinâmico que atrai muitos turistas.

Do Mundo-Nipo
Fontes: Jornal Nippo Brasil | NHK News.