Par de melões é vendido por R$ 133 mil em leilão no Japão

Melão Yubari é a fruta mais cara do mundo. Mas o valor pago este ano está longe do recorde de R$ 246 mil no leilão de 2019.
Caixa com meloes yubari leiloados na temporada de 2021 no Japao Foto Jiji Press 900x600 1
©Jiji Press

Um caixa com dois melões da marca Yubari foi vendida por por 2,7 milhões de ienes, cerca de US$ 24.800 ou R$ 133 mil no câmbio atual, em um leilão realizado no mercado central da cidade de Sapporo, na ilha de Hokkaido, extremo norte do Japão, onde se encontra a cidade de Yubari e que deu seu nome a esta marca de melão, a mais prestigiada do país e também a mais cara do mundo.

O valor pago pelas duas frutas é 22 vezes mais que o preço do ano passado, que foi marcado pela pandemia de covid-19 – mas ainda muito menos do que se costumava praticar antes de 2020.

Caixa com meloes yubari leiloados na temporada de 2021 no Japao Foto Jiji Press
Melões foram arrematados por um fabricante de alimentos para bebês | ©Jiji Press

Apesar do valor exorbitante para apenas duas frutas, o preço pago no leilão deste ano, que é o primeiro da temporada, é irrisório em comparação com outros recordes registrados para esta fruta tão apreciada pelos japoneses.

“A recuperação dos preços este ano pode ser vista como a vontade dos compradores de estimular as pessoas a apresentar lances maiores”, disse à agência AFP um funcionário do mercado de atacado.

O comprador é um produtor local de alimentos para bebês, cujo presidente disse esperar que o resultado espalhe um pouco de alegria.

As ofertas de frutas de temporada no Japão atraem com frequência compradores que buscam prestígio e publicidade gratuita.

Em 2019, dois melões Yubari alcançaram o preço recorde de cinco milhões de ienes (R$ 246 mil), mas o valor caiu a apenas 120.000 ienes no ano passado. Os produtores acusaram o vírus de afastar os compradores ricos dispostos a aumentar os lances.

Adoração dos japoneses por frutas

Os japoneses adoram frutas e têm por costume presentear as pessoas com elas, principalmente se for frutas raras e sazonais, que geralmente são arrematadas em leilões por pequenas fortunas.

Nos grandes mercados e nas lojas especializadas, estas obras de arte da natureza são expostas como se fossem joias, protegidas por vidros ou uma rede de musseline branca.

Mediante isso, é possível mensurar o apreço não só em leilões de frutas como também em lojas especializadas, onde um cacho de uva, por exemplo, pode superar a “bagatela” de US$ 10 mil.

Os altos preços têm explicações que vão além da apreciação dos japoneses por fruta ou a perfeição e do cultivo diferenciado. Um dos principais motivos é a tradição de presentear os mais íntimos com elas, sendo que quantidade e preço são demonstrativos de afeto – quanto mais caro, maior o carinho.

== Mundo-Nipo (MN)
Fontes: AFP | Kyodo.

Total
97
Shares
Previous Article
Monte Fuji vetor Pixabay 4292889 1280 02 2

Costumes e curiosidades sobre a cultura japonesa

Next Article
Bandeiras do Brasil e Japao nas ruas do Bairro da Liberdade 900x550 1

A preservação da cultura e língua japonesa no Brasil

Related Posts