Variedades

As 10 pessoas mais ricas do Japão em 2021

A riqueza dos 50 bilionários do Japão aumentou 48% em 2021, enquanto os dois japoneses mais ricos somam cerca de US$ 86 bilhões.

Com um patrimônio líquido acumulado em 249 bilhões de dólares em 2021, a riqueza dos 50 bilionários do Japão aumentou 48% em relação a 2020, de acordo com o ranking 2021 dos japoneses mais ricos compilado pela famosa revista norte-americana Forbes.

Viver no Japão é cerca de três vezes mais caro do que nos Estados Unidos, maior economia do mundo. Contudo, isso não é problema para as pessoas mais ricas do Japão. Elas podem tirar proveito de luxos incríveis, tais como apartamentos opulentos em arranha-céus incríveis, super iates e jatos que custam centenas de milhares de dólares.

O Japão é o lar de coleções incríveis de super carros, trens de luxo e mansões enormes que foram abandonadas por bilionários japoneses porque eles simplesmente têm muito dinheiro para se preocupar em vendê-las.

Quando se trata de jantares finos, o Japão é, na verdade, o lar do maior número de estrelas Michelin de qualquer país. Por lá, é possível encontrar facilmente restaurantes 5 estrelas especializados na gastronomia de quase todos os países do mundo.

Mediante tudo descrito acima poderíamos dizer que é assim que um bilionário vive no Japão? Na verdade, o que sabemos dos chamados “super-ricos” japoneses está além do luxo. Praticamente, a maioria das pessoas bem-sucedidas no país conseguiu enriquecer por meio de muito trabalho, mesmo aqueles que herdaram suas riquezas continuam trabalhando arduamente para manter ou fazer crescer sua fortuna.

Os maiores bilionários do país são empresários incríveis como Masayoshi Son e Tadashi Yanai, que construíram a opulenta fortuna praticamente do zero. Juntos, eles somam mais de 86 bilhões de dólares.

Confira o Top 10 da Forbes de bilionários japoneses em 2021
(lista em ordem decrescente)
10 Hideyuki Busujima

Patrimônio líquido: US$ 4,4 bilhões
Fonte de riqueza: Fabricação de máquinas de pachinko
Ranking global 2021: não está listado
Idade: 68 anos
Residência: Tóquio, capital do Japão

Hideyuki Busujima é filho do fundador da Sankyo Kunio Busujima, que morreu em outubro de 2016. Ele é presidente e CEO da fabricante de máquinas de pachinko Sankyo desde 2008.

09 Yasumitsu Shigeta

Patrimônio líquido: US$ 5,1 bilhões
Fonte de riqueza: Varejista de smartphones (fundador)
Ranking global 2021: 574º mais rico do mundo
Idade: 56 anos
Residência: Tóquio, capital do Japão

Yasumitsu Shigeta é presidente da Hikari Tsushin, listada em Tóquio, que vende telefones celulares em sua rede de lojas HIT Shop. A empresa também vende seguros e equipamentos de escritório. Yasumitsu Shigeta fundou a Hikari Tsushin em 1988.

08 Akio Nitori

Patrimônio líquido: US$ 5,2 bilhões
Fonte de riqueza: Mobiliário doméstico (fundador)
Ranking global 2021: 539º mais rico do mundo
Idade: 77 anos
Residência: Hokkaido, no norte do Japão

Akio Nitori fundou a rede de artigos de decoração Nitori Holdings. Suas ações são negociadas na Bolsa de Valores de Tóquio. Ele fundou sua primeira loja em 1967, vindo posteriormente a expandir seu negócio em mercados urbanos como Tóquio.

Atualmente, a Nitori Holdings possui mais de 600 lojas, principalmente no Japão. A empresa expandiu suas lojas para outros países, incluindo China, Taiwan e Estados Unidos.

Quando jovem, Nitori trabalhou como coletor de dívidas de bar, entre outros empregos, para pagar as mensalidades e despesas da faculdade.

07 Hiroshi Mikitani

Patrimônio líquido: US$ 7,5 bilhões
Fonte de riqueza: Varejo online (fundador)
Ranking global 2021: 391º mais rico do mundo
Idade: 56 anos
Residência: Tóquio, capital do Japão

Hiroshi Mikitani é fundador e CEO da Rakuten, maior varejista de comércio eletrônico do Japão. Ele fundou a empresa do zero. Em 2020, a Rakuten registrou prejuízo de US$ 932 milhões sobre receita de US$ 13,2 bilhões.

A empresa lançou, com atraso, seu novo serviço móvel de US$ 5,5 bilhões em abril de 2020, que deveria começar em outubro de 2019.

Em março de 2021, a chinesa Tencent, a Japan Post Holdings e a Walmart juntas investiram mais de US$ 2 bilhões na Rakuten.

06 Takahisa Takahara

Patrimônio líquido: US$ 8 bilhões
Fonte de riqueza: Bens de cuidado pessoal
Ranking global 2021: 311º mais rico do mundo
Idade: 60 anos
Residência: Tóquio, capital do Japão

Takahisa Takahara é CEO da Unicharm, fabricante de fraldas listada em Tóquio. Fundada por seu falecido pai, Keiichiro Takahara,  em 1961, a Unicharm fabrica fraldas, absorventes higiênicos, máscaras faciais, lenços à base de álcool e outros produtos de higiene pessoal das marcas Moony e MamyPoko.

Quase dois terços da receita anual de US$ 6,6 bilhões da Unicharm vêm de fora do Japão, principalmente de outros países asiáticos.

05 Shigenobu Nagamori

Patrimônio líquido: US$ 9 bilhões
Fonte de riqueza: equipamentos ópticos, mecânicos e eletrônicos (fundador)
Ranking global 2021: 274º mais rico do mundo
Idade: 77 anos
Residência: Kyoto, no centro-oeste do Japão

Shigenobu Nagamori é fundador, presidente e CEO da fabricante de motores Nidec.

A Nidec se autodenomina a maior fabricante mundial de motores para unidades de disco rígido e unidades ópticas.

Nagamori disse publicamente que sua meta é atingir ¥ 10 trilhões (US$ 91 bilhões) em receita até 2030, em parte concentrando-se em motores para veículos elétricos.

04 Nobutada Saji

Patrimônio líquido: US$ 9,7 bilhões
Fonte de riqueza: bebidas
Posição global em 2021: não está listado
Idade: 75 anos
Residência: não divulgado

Nobutada Saji é presidente da central de bebidas Suntory Holdings, que foi fundada em 1899. Nobuhiro Torii, bisneto do fundador da Suntory, foi promovido a diretor de operações e vice-presidente executivo da Suntory Holdings em 2016.

As participações dos membros da família de Nobutada Saji estão incluídas nesta estimativa de patrimônio líquido.

03 Takemitsu Takizaki

Patrimônio líquido: US$ 25,8 bilhões
Fonte de riqueza: componentes eletrônicos (fundador)
Ranking global 2021: 62º mais rico do mundo
Idade: 76 anos
Residência: Osaka, no centro do Japão

Takemitsu Takizaki é o fundador da Keyence, um fornecedor de sensores e componentes eletrônicos para sistemas de automação de fábricas.

Ele deixou o cargo de presidente em março de 2015, mas continua no conselho de administração e é presidente honorário.

As vendas para clientes fora do Japão têm crescido de forma constante e representam mais de 50% da receita. Os clientes incluem fabricantes de autopeças, empresas de eletrônicos e embaladores de alimentos.

02 Tadashi Yanai

Patrimônio líquido: US$ 42 bilhões
Fonte de riqueza: varejo de moda (fundador)
Ranking global 2021: 31º mais rico do mundo
Idade: 72 anos
Residência: Tóquio, capital do Japão

Tadashi Yanai construiu e dirige o império de varejo de roupas Fast Retailing, controladora da rede Uniqlo. Outras marcas da Fast Retailing incluem Theory, Helmut Lang, J Brand e GU.

A empresa registrou lucro líquido de US$ 853 milhões no ano fiscal encerrado em agosto de 2020, com receita de US$ 19 bilhões.

A Fast Retailing estima um aumento de 10% na receita e de 83% no lucro líquido para o ano fiscal de 2021, que termina em março de 2022. A expectativa de ganho tem como base o aumento das vendas de suas roupas e máscaras de proteção.

Yanai deseja que sua empresa se torne a maior varejista do mundo, o que significa que ela teria que superar a H&M e a Inditex (controladora da Zara).

01 Masayoshi Son

Patrimônio líquido: US$ 44,4 bilhões
Fonte de riqueza: telecomunicações e Internet (fundador)
Ranking global 2021: 29º mais rico do mundo
Idade: 64 anos
Residência: Tóquio, capital do Japão

Masayoshi Son fundou e dirige a gigante de telecomunicações móveis e o gigante de investimentos SoftBank Group. Os investidores no Son’s Vision Fund incluem Apple, Qualcomm, Foxconn, o family office do bilionário Larry Ellison e o fundo soberano da Arábia Saudita.

O Vision Fund investiu em mais de 100 empresas, incluindo a Grab, a empresa coreana de comércio eletrônico Coupang e a indiana Paytm.

As ações da SoftBank, que caíram após o colapso do WeWork IPO em 2019, subiram em 2020 graças a IPOs, como o da empresa de entrega de alimentos DoorDash.

Uma série de IPOs apoiados por Son são esperados em 2021, incluindo o da seguradora indiana PolicyBazaar e a empresa chinesa Didi Chuxing.

Por Maria Rosa / Mundo-Nipo (MN)
Fonte: Japan’s 50 Richest People 2021 Forbes.